Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Santos atribui o favoritismo ao Barcelona

Por Kazuhiro Nogi 9 dez 2011, 07h43

O técnico do Santos, Muricy Ramalho, e o astro Neymar jogaram a pressão do favoritismo no Mundial de Clubes para o teórico grande rival do time paulista, o Barcelona.

“O Barcelona é melhor e é o favorito para ganhar este torneio. É o favorito por tudo o que representa, porque tem os melhores jogadores, a melhor estrutura e um técnico como (Josep) Guardiola, um dos melhores do mundo”, declarou Muricy em uma entrevista coletiva em Nagoya.

Barcelona e Santos, campeões da Europa e América do Sul, são os dois grandes candidatos ao título e já começam o Mundial nas semifinais.

Ao ser questionado se Guardiola é o melhor treinador do mundo, Muricy Ramalho foi irônico e afirmou que os técnicos europeus teriam que trabalhar no Brasil e conquistar títulos no país para serem considerados os melhores.

Para ele, a pressão no Brasil é enorme e os dirigentes só demonstram paciência para manter um técnico no cargo com vitórias.

“Guardiola ou (José) Mourinho teriam que trabalhar em um campeonato no Brasil e ser campeões. Aí sim seriam os melhores do mundo”, disse, com um sorriso.

Mais sério, reclamou que no Brasil é difícil ter continuidade nos projetos, enquanto em outros países é comum ver treinadores que comandam o mesmo clube por muitos anos, independente da conquista ou não títulos em uma temporada.

Continua após a publicidade

“Ser técnico no Brasil é difícil, não há tempo para trabalhar, como acontece por exemplo na Inglaterra”, lamentou.

Ele explicou que sua principal preocupação nas últimas semanas foi manter a boa forma física dos jogadores, que estão no fim de uma longa temporada.

“Disputamos muitas partidas. Alguns jogadores estavam realmente desgastados, assim trabalhamos na recuperação. Tivemos uma preparação muito boa, com treinamentos muito fortes. No aspecto emocional, o estado é ótimo”, disse.

Já Neymar demonstrou toda a vontade de conquistar o Mundial, torneio que considera muito importante.

O atacante, de 19 anos, disse que está totalmente concentrado no objetivo e que não pensa em outra coisa, nem em supostos interesses de outros clube nem em comparações com Pelé ou com o argentino Lionel Messi.

Como o técnico, foi cauteloso e destacou a qualidade do Barcelona, especialmente a de Messi.

“Na minha opinião, atualmente Messi é o melhor”, declarou Neymar, discordando do rei do futebol, Pelé, que recentemente afirmou que o brasileiro é superior individualmente que o astro argentino.

O Santos está concentrado em Nagoya, cidade vizinha de Toyota, onde estreará no Mundial no dia 14 contra o vencedor da partida entre o Monterrey mexicano e o Kashiwa Reysol japonês. Depois viajará a Yokohama, onde no domingo 18 serão disputadas a final e o jogo pelo terceiro lugar.

Continua após a publicidade

Publicidade