Clique e assine a partir de 9,90/mês

Santos atende pedido de técnico e afasta Neymar do time

Jogador recebeu a punição por ter xingado Dorival Júnior durante partida contra o Atlético-GO

Por Da Redação - 18 set 2010, 15h20

Neymar está afastado da partida deste domingo contra o Guarani, no Brinco de Ouro, em Campinas. O anúncio foi feito neste sábado pelo próprio presidente santista, Luis Alvaro de Oliveira Ribeiro, que leu uma nota oficial do clube. De acordo com o cartola santista, o atleta deverá treinar neste fim de semana no CT Rei Pelé e seguir uma programação de atividades imposta pelo clube. Nesta segunda-feira, a situação do jovem de 18 anos será reavaliada para saber se ele continua afastado ou se enfrenta o Corinthians, quarta-feira, na Vila Belmiro.

O pronunciamento do presidente foi feito depois de uma reunião com Dorival Júnior. A punição era um pedido do técnico que tinha sido xingado pelo atacante no jogo da última quarta-feira, contra o Atlético-GO, na Vila Belmiro. Num primeiro momento, a diretoria do Santos resolveu apenas multar o atacante. Mas o treinador cobrou uma pena mais rigorosa, chegando até a ameaçar pedir demissão caso não fosse atendido pelo clube. “Reiteramos nossa confiança no trabalho e na liderança de Dorival Júnior” e “enfatizamos que atos de indisciplina não serão tolerados”, dizia a nota oficial lida pelo presidente.

Por fim, o presidente do Santos falou sobre a expectativa de que o episódio sirva como aprendizado para a jovem revelação do futebol brasileiro. “Reafirmamos nosso apreço pelo atleta Neymar e nossa confiança de que o episódio servirá para que ele consiga amadurecer e superar este momento de dificuldade”, escreveu Luis Alvaro.

(Com Agência Estado)

Continua após a publicidade
Publicidade