Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Santos assume ponta em gestão após tri, diz consultoria

Por Patricia Lara

São Paulo – A conquista do tricampeonato paulista do Santos não se restringiu ao terceiro título do Campeonato Paulista. Após o time de Neymar derrotar o Guarani por 4 a 2, neste domingo, no Morumbi, a equipe tambémassumiu o posto como o clube com a melhor eficiência de gestão no futebol. Fora do campo, a equipe desbancou o Vasco pelo menos no ranking da Pluri Consultoria, que abrange os 14 principais clubes do País, confirmou o sócio fundador da empresa, Fernando Pinto Ferreira.

“Neste momento, ele já se tornou o número 1 do ranking”, disse Ferreira, referindo-se à classificação do Santos no Índice PLURI de Eficiência na Gestão do Futebol (Ipeg), que mede os resultados em campo em relação aos gastos com o futebol.

Ferreira, porém, ressalta que as maiores pontuações são obtidas com os resultados das equipes na Taça Libertadores e no Campeonato Brasileiro. “O Ipeg é resultado da divisão dos pontos conquistados com as melhores colocações nos campeonatos, pelos gastos do clube com o futebol. Assim ele mede quem é mais eficiente na gestão dos recursos do futebol”, explicou Ferreira, em entrevista à Agência Estado.

Com sede em Curitiba, a Pluri é especializada em projetos de consultoria para o mercado esportivo, abrangendo empresas patrocinadoras, investidores, clubes, entidades e atletas.

A consultoria ainda mantém os 55 milhões de euros como o valor estimado de mercado do atacante Neymar, autor de dois dos quatro gols do Santos no domingo, mas está revisando esse dado. “O novo valor deve sair daqui a 10, 15 dias”, disse Ferreira ao falar da situação do jogador, que chegou a 108 gols com a camisa do Santos no último domingo.

Em um ranking específico sobre os jogadores mais valiosos do Campeonato Brasileiro, Neymar já aparecia como o mais valioso entre os atletas participantes da competição cuja edição de 2012 começará no próximo sábado. Ele é seguido de longe por Leandro Damião, do Internacional, cujo valor era estimado em 23 milhões de euros, e por Paulo Henrique Ganso, avaliado em 22,5 milhões de euros.

Segundo a Pluri, o Santos reverteu o prejuízo líquido de R$ 9 milhões verificado em 2010 para um lucro de R$ 7 milhões em 2011, após as receitas crescerem 62%, para R$ 189 milhões em 2011.