Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Santa Cruz aposta no Arruda para coroar ano e impedir 1 título do Tupi

Por Da Redação 19 nov 2011, 20h43

Após conquistar o Campeonato Pernambucano e garantir o acesso à Série C do Brasileirão, o Santa Cruz ainda tem uma meta em 2011: ser campeão da quarta divisão nacional. Para isso, o time terá que usar novamente a força que ostenta no Arruda e vencer o Tupi por, no mínimo, dois gols de diferença neste domingo, às 16h50 (de Brasília).

‘Para mim significa fechar o ano com chave de ouro. Quando nós chegamos aqui, traçamos algumas metas, dentro das competições que nós íamos disputar e todas elas foram alcançadas. Resta, agora, o título, que é para nos dar uma consagração profissionalmente e eu acredito que também para o torcedor poder passar o seu final de ano ótimo’, disse o meia Wesley, garantido entre os titulares do Santa.

A torcida tricolor não parece ter se abatido com a derrota por 1 a 0 no primeiro duelo e promete lotar o estádio como tem feito em toda a temporada – o Santa Cruz é líder de público entre todas as divisões. ‘O jogo fica bom de jogar, porque quando a gente trabalha em cima de responsabilidade e de pressão, o jogador se sobressai. Temos que saber que vai ser desta maneira em qualquer situação. Acho que vai ser um jogo bom e o torcedor vai poder observar a última apresentação do Santa Cruz no ano, então nós temos que fazer uma apresentação de gala e buscar o título’, completou Wesley.

Com a suspensão do volante Jeovânio, que terá que ficar de fora por ter tomado o terceiro cartão amarelo na partida em Juiz de Fora, o técnico Zé Teodoro abriu a possibilidade de o time entrar muito mais ofensivo e, com isso, deve escalar o meia Renatinho como titular.

NoTupi, a expectativa pelo primeiro título nacional do clube é grande, principalmente depois da vitória em casa. ‘Nossa missão é deixar a cidade feliz. É muito bom ver Juiz de Fora acreditando num sonho produzido pelo futebol’, declarou o técnico Ricardo Drubscky, sem ver, no entanto, sua equipe favorita para o confronto.

‘É um grande time, terá o apoio de sua torcida e com certeza virá para cima, então o Santa Cruz é o favorito. Temos a vantagem, mas precisamos estar bastante focados’, alertou, o treinador, que, com a vitória por 1 a 0, precisa de um empate ou até de uma derrota por um gol de diferença para soltar o grito de ‘é campeão’.

Adotando a mesma postura da primeira partida, Drubscky faz mistério quanto à escalação, mas já adiantou que o time deverá ter mudanças. Isso porque o zagueiro Ladeira, com dor de garganta e febre, não tem participado dos treinamentos e pode ser desfalque. Adalberto é o provável substituto.

FICHA TÉCNICA

SANTA CRUZ X TUPI

Continua após a publicidade

Local: Estádio Arruda, no Recife (PE)

Data: 20 de novembro de 2011, domingo

Horário: 16h50 (de Brasília)

Árbitro: Cleber Welington Abade (SP)

Assistentes: Griselildo de Souza Dantas (PB) e Eduardo Lincoln Neves (RN)

SANTA CRUZ: Tiago Cardoso; André Oliveira, Renatinho e Leandro Souza; Eduardo Arroz, Chicão, Memo, Weslley e Dutra; Flávio Recife e Fernando Gaúcho

Técnico: Zé Teodoro

TUPI: Rodrigo; Marquinhos, Adalberto (Ladeira), Silvio e Michel; Assis, Marcel, Luciano Ratinho e Vitinho; Ademilson e Allan

Técnico: Ricardo Drubscky

Continua após a publicidade

Publicidade