Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

San Lorenzo segue na elite, e Rosário Central fracassa na tentativa de volta

Por Da Redação - 1 jul 2012, 21h16

Buenos Aires, 1 jul (EFE).- Depois de ter corrido o risco de cair diretamente, o San Lorenzo levou a melhor no confronto diante do Instituto pela ‘Promoción’, repescagem contra o rebaixamento no Campeonato Argentino, e conseguiu se manter na elite, enquanto o Rosário Central terá que disputar a segunda divisão pela terceira vez seguida.

Com a vantagem de ter vencido a partida de ida por 2 a 0 em Córboda, O ‘Ciclón’ levou um susto neste domingo jogando em casa, no estádio Nuevo Gasómetro. Aos 24 minutos do segundo tempo, Diego Lagos fez 1 a 0 a favor dos visitantes. No entanto, a agonia durou apenas nove minutos, tempo necessário para que Néstor Ortigoza empatasse cobrando pênalti.

Assim, o San Lorenzo, considerado um dos cinco grandes do futebol argentino, evitou o segundo descenso de sua história, ficando como mancha negra na história do clube apenas a que da 1981.

Por sua vez, Instituto, que liderou a tabela da segunda divisão durante grande parte da competição, não realizou o sonho de voltar à elite.

Publicidade

Quem também falhou na busca pelo acesso foi o tradicional Rosario Central, que empatou na última quinta-feira e neste domingo com o San Martín de San Juan, que tinha a vantagem de disputar a volta em casa e de jogar por dois empates ou dois resultados opostos.

Essa foi a última temporada do futebol argentino com a ‘Promoción’. A partir da próxima temporada, três equipes serão rebaixadas e três promovidas diretamente. EFE

Publicidade