Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

San Lorenzo derrota Cruzeiro no primeiro jogo das quartas

Resultado de 1 a 0 na Argentina obriga a equipe brasileira a vencer por dois gols de diferença no Mineirão para conseguir a classificação direta para a semifinal

Com um gol de bola parada, o San Lorenzo venceu o Cruzeiro por 1 a 0 na noite desta quarta-feira, na Argentina, pela partida de ida das quartas de final da Copa Libertadores. Jogando fora de casa, a equipe brasileira conseguiu resistir pela maior parte do tempo à pressão do adversário e da torcida local, que lotou o estádio Nuevo Gasómetro, mas uma cabeçada do zagueiro Gentiletti, após cobrança de falta, decretou a vantagem mínima para o time do Papa no confronto.

Com o resultado, o Cruzeiro precisa vencer por dois gols de diferença na quarta-feira que vem, no Mineirão. Caso devolva o 1 a 0, a decisão vai para os pênaltis. Qualquer outro placar elimina o time brasileiro da competição. Antes de decidir a vaga para a semifinal, o Cruzeiro terá pela frente o clássico contra o Atlético-MG pelo Brasileirão, domingo, no Independência.

O jogo – Jogando fora de casa, o Cruzeiro iniciou o duelo de forma cautelosa. A proposta de cadenciar o jogo, explorando os contra-ataques, funcionou para evitar a pressão do San Lorenzo, que mesmo tendo maior posse de bola, encontrou dificuldades na marcação encaixada da Raposa. A estratégia deu certo no primeiro tempo e, apesar do apoio do torcedor, os argentinos não conseguiram abrir o placar na etapa inicial.

Na volta para o segundo tempo, a pressão em cima do Cruzeiro foi intensificada, com os defensores do time mineiro atuando praticamente atrás da linha da bola. Nas poucas vezes que o time argentino conseguia superar a zaga celeste, esbarrava na boa atuação do goleiro Fábio. Aos dez minutos, o atacante Matos desviou cruzamento da esquerda e o arqueiro se esticou todo para fazer a defesa. No rebote, Correa emendou para o gol e o goleiro celeste salvou de novo.

Aos 19 minutos, porém, não teve jeito. Após cobrança de falta pela esquerda, o zagueiro Gentileti antecipou Dedé, e de cabeça, mandou para as redes. O gol do San Lorenzo obrigou o Cruzeiro a mudar a atitude no jogo. Marcelo Oliveira deixou o time mais ofensivo com as entradas de Borges e Dagoberto e a partida ficou aberta, com oportunidades dos dois lados.

O Cruzeiro passou a dominar a posse de bola, enquanto os argentinos optaram pelo contra-ataque, em uma clara inversão de papeis do primeiro tempo. Mesmo atacando mais, a equipe mineira não conseguiu igualar o marcador, e agora terá que reverter a vantagem no jogo de volta no Mineirão.

(Com Gazeta Press)