Clique e assine com até 92% de desconto

Saiba em quem Messi, Cristiano e Tite votaram no prêmio da Fifa

Português ignorou o argentino e vice-versa, em votação mais uma vez marcada por corporativismo. Tite apoiou Neymar, quarto melhor do mundo

Por Da redação Atualizado em 10 jan 2017, 15h22 - Publicado em 10 jan 2017, 09h36

Terminada a eleição de melhor de mundo da Fifa nesta segunda-feira, com Cristiano Ronaldo consagrado pela quarta vez, a entidade divulgou o resultado oficial do pleito e revelou a lista completa dos votos. Como de costume, as escolhas de alguns jogadores e treinadores foram marcadas por corporativismo. Cristiano e Lionel Messi, mais uma vez, ignoraram um ao outro e preferiram colegas de clubes. O técnico Tite fez uma escolha mais embasada, mas deixou o argentino de fora.

Votam na eleição da Fifa os capitães e treinadores de todas as seleções afiliadas à entidade, além de jornalistas selecionados – pelo Brasil, o escolhido foi Paulo Vinícius Coelho, da Fox Sports, que votou, na ordem, em Cristiano, Messi e Neymar. Capitão da seleção brasileira, Daniel Alves votou em três ex-companheiros de Barcelona: Messi, Neymar e Luis Suárez. Já o técnico Tite preferiu Cristiano Ronaldo, com Neymar em segundo lugar e o francês Antoine Griezmann em terceiro.

  • Como de costume, muitos treinadores e jogadores optaram por votar em atletas de seus países ou de seus clubes como os melhores. O francês Hugo Lloris votou em Griezmann, o alemão Manuel Neuer foi de Toni Kroos, por exemplo. O treinador da seleção argentina, Edgardo Bauza, foi ainda mais corporativista e elegeu o compatriota Sergio Aguero como segundo melhor – atrás, claro, de Messi.

    Cristiano Ronaldo surpreendeu de certa forma ao eleger o galês Gareth Bale como o melhor do mundo. Seu pódio foi completado com dois outros companheiros de clube, o croata Luka Modric e o espanhol Sergio Ramos. Messi também vestiu a camisa do clube: elegeu Suárez, Neymar e Andrés Iniesta. O capitão espanhol Sergio Ramos foi o único a fugir dessa lógica. Colocou Cristiano como primeiro, mas citou Messi e Iniesta, rivais do Barcelona, na sequência.

    Apesar de não ter sido citado pela maioria dos capitães mais renomados, Neymar terminou na quarta colocação da eleição, com 6,23% dos votos, atrás de Cristiano (34,54%), Messi (26,42%) e Griezmann (7,53%). O uruguaio Suárez terminou em quinto (5,11%), mesma posição do ano anterior, e o galês Bale em sexto (4,62%). Abaixo, os principais votos. Para ler a lista completa, clique aqui.

    Cristiano Ronaldo: Gareth Bale, Luka Modric, Sergio Ramos

    Lionel Messi: Luís Suárez, Neymar e Andrés Iniesta

    Continua após a publicidade

    Daniel Alves: Messi, Neymar e Suárez

    James Rodríguez: Cristiano, Modric e Bale

    Luka Modric: Cristiano, Messi e Bale

    Wayne Rooney: Cristiano, Suárez e Vardy

    Manuel Neuer: Kroos, Özil e Lewandowski

    Gianluigi Buffon: Messi, Bale e Cristiano

    Arjen Robben: Cristiano, Kroos e Lewandoski

    Diego Godín: Suárez, Griezmann e Iniesta

    Continua após a publicidade
    Publicidade