Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Ryan Lochte pede desculpas por mentir sobre assalto

Em sua conta no Instagram, o atleta disse que sente muito por seu comportamento e por não ter sido “mais cuidadoso” ao descrever o ocorrido

O nadador americano Ryan Lochte pediu desculpas nesta sexta-feira por mentir sobre um assalto de que teria sido vítima no Rio de Janeiro. Por meio de sua conta no Instagram, o atleta disse que sente muito por seu comportamento e por não ter sido “mais cuidadoso” ao descrever o ocorrido. Lochte e outros três nadadores inventaram a história de um roubo a mão armada para tentar acobertar a depredação de um posto de gasolina na Barra da Tijuca.

Leia também:
Lochte pode perder 32 milhões de reais em acordos publicitários
Comitê Olímpico dos EUA pede desculpas ao Brasil por nadadores

Na nota, o atleta ainda afirma que esperou para publicar o pedido de desculpas até que fosse confirmada a sua situação legal e que seus companheiros fossem liberados para voltar aos Estados Unidos. “É traumático sair de madrugada com seus amigos em um país estrangeiro – com outra língua – e ter um estranho apontando uma arma para você pedindo dinheiro para que você possa ir embora. Independentemente do comportamento de todos naquela noite, eu deveria ter sido muito mais responsável e, por isso, peço desculpas aos meus companheiros de time, fãs, competidores, patrocinadores e anfitriões desse grande evento. Eu tenho muito orgulho de representar meu país em uma competição olímpica e essa era uma situação que poderia e deveria ter sido evitada. Eu assumo a responsabilidade pelo que aconteceu e aprendi algumas lições valiosas”, afirmou o nadador na rede social.

Confira abaixo a publicação do atleta:

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Ele, não assumiu a farsa, a mentira que criou. Neste texto não ha uma afirmação expressa de que ( ele) teria mentido. Errou e não assumiu, apenas disse ter descrito mal o ocorrido. É um pilantra de primeiro mundo.

    Curtir

  2. Welber Baima

    Interessante, talvez ele sinta menos trauma ao praticar atos de vandalismo em países que falem o mesmo idioma que o dele. Alguém tem que dizer a este Idiota arrogante que o fato dele não se obrigar a falar português, também não obriga aos brasileiro a falar o inglês, mas que numa linguagem universal da lógica, quando se aponta armas para um bando de vândalos, em geral não se tem intenção de extorqui-los, mas sim de detê-los até que as autoridades cheguem e os obriguem a no mínimo, reparar o prejuízo que causaram. Vai um estrangeiro aos EUA urinar em local publico ou depredar alguma coisa, que fica um ano em Guantanamo dando explicações para as autoridades, antes de ser expulso e proibido de entrar novamente no país.

    Curtir

  3. IMBECIL, VAI PAGAR MUITO CARO POR SEUS CAPRICHOZINHOS. Na idade dele deveria ter um pouquinho mais de vergonha na cara, e ainda por cima NAO desmentiu o que ainda parece ser a maior mentira: O ASSALTO! E claro que esses vagabundos passaram a noite na farra e pouca vergonha e quizeram limpar a barra inventando as mentiras. QUE EXEMPLO PARA OS JOVENS, HEIM!!!!

    Curtir

  4. Claudio Volcker

    Típico americano babaca, deve ser primo do Drump!

    Curtir

  5. Sergio Mardine Fraulob

    Admitiu, com ressalvas, querendo dizer que realmente se não agiu bem também foi “extorquido”. Os seguranças deviam é tê-lo feito aguardar a polícia…

    Curtir

  6. Os EUA, como o Brasil e qualquer outro país tem gente babaca e tem gente do bem também. Esse nadador é um ser humano pior do que imaginávamos. Essa declaração dele é ainda mais feia do que a primeira mentira. Mas ninguém pode usar o mau exemplo de alguns ou de muitos (não importa) babacas de um lugar para justificar o seu preconceito contra um país inteiro. Isso serve para a Argentina, Rússia, Japão, Brasil, Índia, enfim, qualquer país que tenha mais do que um habitante. Não devemos dar espaço para a xenofobia. E parabéns à polícia brasileira.

    Curtir

  7. fernanda rodrigues de barros

    Só fez isso pq o site de fofocas TMZ e o Perez Hilton divulgaram. E além disso, o americano gosta da polícia, e o que ele fez foi grave. Os americanos não gostaram da sacanagem que fez com a polícia. Pelo menos lá há respeito.

    Curtir