Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana

Rússia muda formato da cerimônia de abertura da Copa

A cerimônia marcada para o dia 14 de junho no Estádio Luzhniki, em Moscou, será mais curta do que nas últimas edições

Por EFE Atualizado em 7 Maio 2018, 19h41 - Publicado em 25 abr 2018, 14h50

A cerimônia de abertura da Copa do Mundo da Rússia será mais curta do que as realizadas no Brasil em 2014 e na África do Sul em 2010, afirmou nesta quarta-feira o diretor-geral do Comitê Organizador, Alexei Sorokin. “A cerimônia de abertura terá um novo formato. Não parecerá com as de África do Sul e Brasil. Será mais curta e ocorrerá antes do apito inicial”, disse Sorokin em entrevista coletiva.

Tabela completa de jogos da Copa do Mundo de 2018

A 50 dias do início da Copa, marcado para o dia 14 de junho, a abertura ocorrerá no Estádio Luzhniki, em Moscou, momentos antes da primeira partida do torneio entre Rússia e Arábia Saudita. O governo russo tentou marcar o evento para o Estádio Lev Yashin, do Dínamo Moscou, que não receberá jogos do mundial, mas a Fifa recusou.

  • Sobre o boicote de alguns países à cerimônia, como o Reino Unido e a Polônia, Sorokin afirmou que cada governo é livre para escolher se participará ou não do evento. “Para nós, cada torcedor é valioso. E não importa o status do país. Vemos que os torcedores votam com o bolso. As entradas estão sendo esgotadas”, afirmou.

     

    Continua após a publicidade
    Publicidade