Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Roque Júnior dá a receita para título do Palmeiras: muita vontade

O Palmeiras está na final da Copa do Brasil após 14 anos de espera. A última vez em que o Verdão conseguiu tal feito foi em 1998, quando foi campeão da competição nacional. Há 14 anos atrás, a equipe alviverde tinha como um de seus destaques o zagueiro Roque Júnior, hoje aprendiz do técnico Luiz Felipe Scolari, com quem faz um estágio na Academia de Futebol.

‘Coincidiu de o Palmeiras chegar à final bem no período em que estou aqui. Faz tempo que o clube não chega à final e isto motiva os jogadores e a torcida. E pelo o que estou acompanhando, estão todos muito motivados. Pelo ambiente que tenho visto aqui, o Palmeiras tem boas chances de brigar pelo título’, afirmou o ex-jogador em entrevista ao site oficial do clube.

Pelo Alviverde, Roque Júnior também conquistou os Campeonatos Paulistas de 1996 e 2008, a Copa Mercosul de 1998, a Copa Libertadores da América de 1999 e o Torneio Rio-São Paulo de 2000. Revelado pelo Santarritense em 1993, o ex-atleta vê a experiência de Felipão como a principal característica em comum entre o Palmeiras de 1998 e o de 2012.

‘A principal coincidência neste caso é o Felipão. Ele já ganhou três Copas do Brasil, umas delas com o Palmeiras, tem muita experiência e é um diferencial, mas o que vai contar mesmo é a vontade dos jogadores. Time por time, talvez o Palmeiras tenha uma certa vantagem, mas o que conta nesses jogos é a vontade’, receitou Roque Júnior.Com passagens pelo São José, Milan, Leeds United, Siena, Bayer Leverkusen, Duisburg, Al-Rayyan, Ituano e pela Seleção Brasileira, Roque Júnior também aproveitou para comentar sobre o seu aprendizado com o treinador alviverde e agradecer ao clube de Palestra Itália por ter aberto as portas. O ex-jogador ainda assegurou que irá passar força para o elenco palmeirense.

‘É um conhecimento a mais. Quanto mais conhecimento, melhor. Eu quero pegar um pouco do que o Felipão passa e agradecer o Palmeiras por ter aberto as portas. Aqui, me sinto em casa. Estou procurando adquirir conhecimento para depois decidir o que fazer. Enquanto isso, vou acompanhar as finais e passar força ao elenco’, concluiu Roque Júnior.

Na quinta-feira do próximo dia 5 de junho, o Palmeiras recebe o Coritiba, em estádio ainda não definido (Arena Barueri, Morumbi e Pacaembu estão em pauta), pela ida da final da Copa do Brasil. Já no dia 11, as duas equipes voltam a se enfrentar, mas desta vez no estádio Couto Pereira, em Curitiba (PR).