Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana

Ronaldo promete fazer alguns jogos pelo seu time dos EUA

Aposentado desde 2011, ex-atacante pode jogar para promover o Fort Lauderdale Strikers, clube do qual se tornou um dos donos

Por Da Redação 14 jan 2015, 18h32

Três vezes melhor do mundo pela Fifa e aposentado desde 2011, Ronaldo pode voltar a jogar, dessa vez pelo Fort Lauderdale Strikers, dos Estados Unidos, clube o qual é um dos donos, que disputa a North American Soccer League (NASL), uma espécie de segunda divisão do futebol nos EUA. “Vou tentar jogar algumas partidas. Neste ano eu quero treinar bastante, já que nos últimos três eu andei ocupado com outros compromissos”, disse o ex-jogador de 38 anos em entrevista na tarde desta quarta-feira, durante sua apresentação oficial no clube, em um hotel na Flórida, 37 quilômetros ao norte de Miami.

Leia também:

Ronaldo termina noivado com Paula Morais, diz jornal

Ronaldo vira sócio de time de futebol nos Estados Unidos

Ronaldo disse estar motivado para ajudar o esporte nos EUA e está de olho também em negócios. Além de promover o seu time, vai montar escolinhas de futebol na Flórida, onde pretende passar boa parte do ano, e depois no Brasil. “O futebol nos EUA está crescendo e acho que é uma grande oportunidade. Primeiro vamos ter as academias aqui nos Estados Unidos e depois no Brasil. E já temos vários interessados nas franquias”, declarou o ex-jogador, que assim fica perto do esporte que o fez famoso e milionário.

“Não poderia ser treinador, é muito difícil lidar com 30 jogadores que pensam de forma diferente. Acho que ser dirigente é um bom caminho para mostrar a nossos jogadores como eu venci”, disse o brasileiro ao site da revista Sports Illustrated. Ronaldo foi membro do Comitê Organizador da Copa do Mundo de 2014 e comentarista do torneio – além de ser um dos donos da agência 9ine, que administra a imagem e carreira de vários atletas – no clube e na agência ele tem como um dos sócios o empresário Marcus Buaiz.

A NASL é considerada a segunda liga de futebol mais importante do país, atrás apenas da Major League Soccer (MLS) – onde jogarão Kaká, David Villa, Frank Lampard e Gerrard. Nesta temporada, o espanhol Raúl – ídolo do Real Madrid – vai defender o New York Cosmos, na NASL, mesmo time do brasileiro Marcos Senna.

(Com Estadão Conteúdo)

Continua após a publicidade
Publicidade