Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Ronaldinho nega atraso e diz que quer a Copa do Mundo

Meia acredita que ficou de fora da Copa das Confederações por causa de más atuações, mas acredita que pode voltar ao time

Ronaldinho Gaúcho teve nesta quarta-feira sua primeira conversa com a imprensa depois de ser preterido pelo técnico Luiz Felipe Scolari na lista de convocados para a Copa das Confederações, que será disputada no mês que vem, como prévia para a Copa do Mundo de 2014. Ele desmentiu que tenha se atrasado na apresentação para o amistoso contra o Chile, acredita que perdeu espaço com Felipão apenas por opção técnica e disse que ainda sonha com um lugar no time que disputará o Mundial. “Não teve atraso nenhum. Cheguei no horário normal, como sempre. Não teve conversa nenhuma. Não rendi o esperado naquele jogo. Continuo motivado, mais do que nunca. Queria muito ter sido convocado. Não aconteceu dessa forma, mas isso me motiva para jogar mais e ser lembrado no futuro. Ainda falta muito tempo para a Copa do Mundo e meu objetivo continua sendo esse”, disse.

Leia também:

A seleção brasileira dos secadores, um time dos sonhos

Felipão: um conservador que gosta de viver perigosamente

Do brilho à desilusão: o fim da linha para Gaúcho e Kaká?

À espera da segunda partida da final do Campenoato Mineiro, no domingo, contra o Cruzeiro, e à espera do confronto contra o Tijuana, que eliminou o Palmeiras, nas quartas de final da Copa Libertadores, o craque afirmou que espera fechar o semestre com os dois títulos. “Cada vez mais, me sinto mais em casa, acolhido. Espero dar essa alegria ao torcedor, conquistando esse primeiro título e podendo levar o Galo o mais longe possível na Libertadores”, disse o meia de 33 anos.

Acompanhe VEJA Esporte pelo Facebook

Siga VEJA Esporte no Twitter

(Com agência Gazeta Press)