Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Roma leva empate do Siena no fim e amplia crise

Por AE

Roma – Faltou pouco para a Roma conquistar, nesta quinta-feira, a sua primeira vitória em partidas oficiais na temporada. Jogando em casa, no Estádio Olímpico, o time romano segurou o resultado positivo até os 43 minutos do segundo tempo, quando levou o empate do Siena e teve que se contentar apenas com o 1 a 1.

O resultado aumenta a já grande pressão pela queda do técnico Luis Enrique, que vem decepcionando no comando da Roma. Vindo de um excelente trabalho no Barcelona B, o ex-jogador espanhol era visto como sucessor de Pep Guardiola e chegou cheio de moral à Itália. A eliminação precoce na Liga Europa – que fará a equipe jogar apenas competições nacionais por todo o restante da temporada – e o mau início no Italiano fazem aumentar a expectativa para que ele tenha o mesmo fim que Gian Pietro Gasperini, técnico demitido pela Inter de Milão na terça-feira.

Com dois pontos, a Roma é apenas a 14.ª colocada no Campeonato Italiano. O vexame só não é pior porque Milan e Inter de Milão, outros favoritos, estão mais para baixo ainda na tabela, em 16.º e 18.º, respectivamente. O Siena é o 15.º.

Mesmo com pouco apoio do seu torcedor, a Roma saiu na frente do Siena. Aos 25 minutos da primeira etapa, o argentino Osvaldo recebeu de Borriello e abriu o placar para os donos da casa. No segundo tempo, o time romano segurou a pressão como deu, mas, aos 43, levou o empate, com Vitiello. Já nos acréscimos, Cicinho bateu falta da direita, na cabeça de Osvaldo. O argentino subiu livre, mas cabeceou para fora.