Clique e assine a partir de 8,90/mês

Roland Garros: Monteiro vence mais uma e encerra longo jejum nacional

Desde 2015, um brasileiro não chegava à terceira rodada de um Grand Slam

Por Da Redação - Atualizado em 1 out 2020, 14h57 - Publicado em 1 out 2020, 11h02

O tenista cearense Thiago Monteiro venceu nesta quinta-feira, 1º, o americano Marcos Giron por 3 sets a 0, com parciais de 7/6 (7-5), 6/4 e 6/1,  chegou à terceira rodada de Roland Garros, em Paris, na França. Com isso, o atleta de 26 anos não apenas alcançou o melhor feito de sua carreira em um Grand Slam como encerrou um jejum nacional que durava cinco anos.

Desde Thomaz Belucci no US Open de 2015, o Brasil não tinha um representante em uma terceira rodada dos quatro maiores torneios de tênis na chave de simples. Em Roland Garros, onde Gustavo Kuerten conquistou os títulos de 1997, 2000 e 2001, o feito não ocorria desde 2011, novamente com Belucci.

Com o triunfo desta quinta, Monteiro já garantiu pelo menos 126.000 euros de premiação (equivalente a mais de 835 000 reais) e certamente subirá no ranking da Associação dos Tenistas Profissionais (ATP). Atualmente é o 84º colocado e deve pular ao menos para 75º, uma posição abaixo de sua melhor marca.

O brasileiro, que na fase anterior havia eliminado o georgiano Nikoloz Basilashvili, também em sets diretos, enfrentará na próxima fase o húngaro Marton Fucsovics, 63º do ranking da ATP, que eliminou dois favoritos, o russo Daniil Medvedev e o espanhol Albert Ramos.

Assine DAZN | 30 dias grátis para curtir os maiores craques do futebol mundial ao vivo e quando quiser!

 

 

Continua após a publicidade
Publicidade