Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Roland Garros começa com Nadal e Djokovic em busca de recordes

Neste domingo, o Torneio de Roland Garros, segundo Grand Slam da temporada, chega à sua 111edição com a possibilidade de um tenista chegar ao recorde absoluto de vitórias, no masculino. Com seis títulos no aberto francês, Rafael Nadal está a uma conquista de superar Bjorn Borg e tornar-se o maior vencedor da história do torneio. Enquanto isso, Novak Djokovic vai em busca de seu quarto Slam seguido, e Roger Federer luta pra reassumir a segunda colocação no ranking da ATP, após sentir o gosto de voltar a ser o número dois do mundo por apenas uma semana.

‘Já conquistei bem mais do que sonhava. Venho aqui todo ano com a motivação de jogar bem. Mas não estou mais empolgado porque tenho seis e posso ganhar sete. Não. A motivação é a mesma de 2005. Não fiquei com mais vontade em 2010 porque tinha perdido em 2009. É sempre igual’, afirma Rafa, que inicia a busca pelo recorde contra o italiano Simone BolelliSoberano nas últimas edições do torneio – venceu seis das últimas sete edições – e um dos especialistas no saibro, o favoritismo de Nadal é apontado até mesmo entre os principais tenistas do mundo.’Rafa é o favorito e vai para o sétimo título. É uma loucura discutir isso, em todo caso pra mim é assim. Joguei muitas vezes com ele e sei o quão incrível ele é aqui neste torneio’, analisa Roger Federer. O suíço, atual número três do mundo, estreia contra o alemão Tobias Kamke, nesta segunda.

Número 1 do mundo, à frente de Nadal, Djokovic confia em um bom resultado em Roland Garros, apesar de destacar o favoritismo de Rafa.

‘Minha cabeça sempre está positiva e sempre esperando muito de mim. Tive o melhor ano e meio de minha carreira e acredito estar no topo este momento. Definitivamente quero usar essa confiança para tentar um bom resultado aqui em Roland Garros. Mas para mim Rafa é sempre o favorito neste torneio pelo que ele faz aqui e no saibro’, afirma Djoko, que estreia contra o italiano Potito Starace, também na segunda.Além de ir em busca de seu primeiro título em Roland Garros, Djokovic chegará ao seu quarto título de Grand Slam seguido, fato que não acontece há 43 anos. ‘Significaria o mundo pra mim este objetivo. Mas não venho pensando muito nisso para não colocar muita pressão sobre mim’, relata Djoko.

Pintando como azarões, o local Jo-Wilfried Tsonga, número 5 do mundo, e o argentino Juan Martin Del Potro, número 9, entram em quadra já no primeiro dia de competição. Neste domingo, Del Potro é um dos primeiros a entrar na quadra central, onde enfrenta o espanhol Albert Montanes. Já o francês encara o russo Andrey Kuznetsov, logo em seguida.

Outro que estreia neste domingo é o brasileiro João ‘Feijão’ Souza, que enfrenta o alemão Cedrik-Marcel Stebe na segunda partida da quadra 6. Mais tarde, é a vez de Thomaz Bellucci abrir sua campanha no torneio, contra o sérvio Viktor Troicki, número 28 do mundo. O número 1 do país e 70 do mundo defende 90 pontos no aberto francês, já que chegou à terceira fase na última edição, e depende de seu desempenho para garantir vaga em Londres-201