Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Rogério Ceni sofre estiramento no ombro e não deve jogar no domingo

O São Paulo dificilmente começará 2012 com seu capitão em campo. A ressonância magnética no ombro direito de Rogério Ceni constatou estiramento em um dos ligamentos do local. A possibilidade é minimia de o goleiro atuar no domingo, contra o Botafogo de Ribeirão Preto, no Morumbi, pela estreia do time no Paulista.

‘Ele será reavaliado novamente no final da semana, mas por conta do pouco tempo, provavelmente não deve participar da partida’, informou o médico José Sanchez, depois de analisar o exame realizado nesta segunda-feira pelo camisa 01 – o ídolo até deixou a concentração no Centro de Formação de Atletas em Cotia para fazer o diagnóstico na capital paulista.

‘Antes do treinamento de ontem [domingo], o Rogério reportou uma forte dor no ombro direito, muito limitante e por conta disso iniciamos tratamento no Reffis e fizemos a ressonância’, relatou Sanchez, bastante pessimista em relação à recuperação do goleiro, que está com uma tipoia para imobilizar o local machucado.

Rogério Ceni nem apareceu no campo desde a manhã deste domingo. Como Emerson Leão se recusa a escalar algum atleta no sacrifício – no ano passado, foi o primeiro a barrar o ídolo depois de 133 jogos seguidos -, é improvável que não seja Denis o goleiro titular do Tricolor no fim de semana.

Com contrato até 31 de dezembro, Rogério Ceni e diretoria ainda não falam em renovação. É possível que o recordista de partidas com a camisa são-paulina inicie a sua última temporada como profissional sem condições de entrar em campo.

O veto à sua escalação diante do Botafogo de Ribeirão Preto tem ainda um agravante para o goleiro lamentar: no domingo, ele completará 39 anos de idade.