Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Rogério Ceni corre contra o tempo para atuar em jogo de homenagens

Capitão e ídolo do São Paulo celebrará 25 anos de Morumbi neste sábado, diante do Inter. Clube entregará esculturas e jogará com camisa especial

O goleiro Rogério Ceni voltou a treinar nesta quinta-feira e aumentou suas esperanças de entrar em campo no Morumbi, sábado, diante do Internacional, em jogo que homenageará seus 25 anos no São Paulo. Serão realizadas diversas ações, incluindo a entrega de uma estátua, para relembrar as duas décadas e meia de sua chegada à equipe.

Leia também:

Brasileirão: todos reclamam da arbitragem

Rogério Ceni: ‘Não quero ficar por marketing’

Aos 42 anos, Ceni tem feito tratamento intensivo para participar do jogo que marca o início dos eventos para celebrar sua trajetória pelo clube (sua aposentadoria está agendada para 6 de dezembro). Atuando ou não, ele receberá duas esculturas. A primeira é uma maquete do Morumbi feita de bronze. A segunda é de aço e vai relembrar aquela que é considerada a defesa mais importante de sua carreira, após um chute do inglês Steven Gerrard na decisão do Mundial de Clubes da Fifa de 2005 contra o Liverpool – na qual o São Paulo conquistou seu terceiro título mundial.

O uniforme são-paulino também homenageará o ídolo e tratá no peito a hashtag “#M1to25”. O ingresso da partida de sábado terá um desenho criado pelo designer Glauco Diógenes. Na segunda-feira, quando se completam exatos 25 anos da chegada de Rogério ao clube, serão feitas diversas ações nas redes sociais do São Paulo.

O departamento de comunicação finaliza um vídeo com a retrospectiva da carreira de Ceni no clube e um e-book terá informações, curiosidades e fotos. Dois jogos amistosos deverão ser realizados: um contra uma equipe internacional e outro com amigos de Rogério Ceni.

Nos últimos seis jogos, o goleiro só atuou contra o Ceará, em Fortaleza, pela Copa do Brasil, mesmo com uma lesão muscular. Ele havia pedido para o técnico Juan Carlos Osorio para poder atuar porque aquele jogo poderia ser o último eliminatório (o São Paulo havia perdido o jogo de ida por 2 a 1). Com um gol seu, o São Paulo venceu por 3 a 0 e avançou.

(com Estadão Conteúdo)