Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Roger vê Ponte melhor e lamenta empate conquistado em Goiânia

Por Da Redação - 27 maio 2012, 11h07

Autor do gol da Ponte Preta na partida do último sábado, diante do Atlético-GO, o atacante Roger não se mostrou satisfeito com o resultado obtido por sua equipe no Serra Dourada. O centroavante acredita que a Macaca se portou melhor em campo e que as chances perdidas ao longo da partida foram fundamentais para que o placar terminasse empatado em 1 a 1.

‘Você vem para Goiânia sabendo que um empate é um bom negócio. Mas, depois deste jogo, acho que, com todo respeito, nós fomos melhores, criamos muitas chances, mas acabamos não fazendo os gols. Mas está bom. Temos agora 10 dias para treinar’, destacou o jogador ponte-pretano.

Mesmo com o gol marcado nesta partida, Roger continua sendo contestado pelo torcedor. Contratado para ser o grande artilheiro da equipe no Brasileiro da Série A, o centroavante enfrenta forte rejeição da torcida por ter defendido o rival Guarani. O atleta, revelado nas categorias de base da Macaca, chegou a vestir a camisa de uma organizada do Bugre em sua apresentação e provocou a ira dos adeptos alvinegros de Campinas.

Embora não seja unanimidade nas arquibancadas, o jogador conta com total apoio do técnico Gilson Kleina e deve continuar recebendo oportunidades para demonstrar o seu valor na competição. Com a chegada do meia Marcinho, o atacante conseguiu receber mais bolas próximo da área e levou perigo ao goleiro Roberto. No entanto, seu posicionamento em campo foi questionado, já que o bandeira flagrou o atleta em impedimento em quatro ocasiões diferentes.

Publicidade

Como os amistosos da Seleção Brasileira irão interromper o Nacional na próxima semana, a Ponte Preta terá tempo para trabalhar justamente os pontos fracos que foram apresentados pela equipe nas duas primeiras rodadas do torneio. O próximo compromisso da equipe será no dia 6 de junho, contra o Flamengo, no estádio Moisés Lucarelli.

Publicidade