Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Roger explica nova função na Raposa e quer ajudar Montillo a brilhar

Por Da Redação 1 mar 2012, 10h00

O armador Roger, recuperado das dores na panturrilha, será titular do Cruzeiro na partida contra o América-TO, no próximo sábado, a confirmação foi do próprio técnico Vágner Mancini. O atleta revela que teve uma conversa com o treinador no jogo da rodada passada, e devido a lesão ficou no banco de reservas, mas Roger garante que sempre que for acionado estará pronto para ajudar a Raposa.

‘No jogo anterior, eu levei uma pancada leve na panturrilha, senti dor. Conversei com ele (Mancini), a gente achou melhor eu ficar de fora do jogo contra o Democrata-GV. Mas junto com os companheiros, caso precisasse de alguma coisa, que eu fosse utilizado, como fui no final do jogo. Dei a minha contribuição para a nossa vitória. Agora, mais tranquilo, estou preparado para o jogo de sábado’, declarou.

Roger comentou a nova função que terá no time do Cruzeiro. ‘É uma função mais defensiva, eu tenho que estar preocupado com a marcação também. Mas é uma função em que eu posso ter mais a bola e, quando eu tiver a bola, eu não terei uma marcação individual tão forte. Então, eu consigo dar ritmo e cadência ao time, fazendo a bola girar, o que é importante também, ter a posse de bola e com qualidade’, explicou.

Questionado se o novo posicionamento em campo não o deixaria como uma espécie de coadjuvante do argentino Montillo, Roger declarou que não se importa, e que se sente importante e útil para o time do Cruzeiro. Segundo ele, quanto mais Montillo brilhar melhor será para equipe celeste.

‘Eu me sinto importantíssimo cada vez mais que ele é valorizado. Todo time tem de ter uma referência, a do nosso time é o Montillo. Temos que fazer com que ele faça a diferença para nossa equipe. Quanto mais ele jogar bem, melhor para a gente. É a prova de que estamos fazendo nosso trabalho bem’, disse.

Continua após a publicidade
Publicidade