Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Roddick se aposenta com derrota diante de Del Potro

Em 13 anos de carreiro, americano foi líder do ranking por nove semanas e venceu 32 torneios - entre eles, o Aberto dos Estados Unidos de 2003

Dono de temperamento provocativo e de um potente saque, o americano Andy Roddick jogou sua última partida de tênis como profissional nesta quarta-feira. O tenista norte-americano foi eliminado nas oitavas de final do Aberto dos Estados Unidos pelo argentino Juan Martin Del Potro, com parciais de 6/7 (1-7), 7/6 (7-4), 6/2 e 6/4 e encerrou sua carreira.

Campeão do Aberto dos Estados Unidos de 2003, o tenista de 30 anos anunciou o fim da carreira depois de vencer a primeira rodada. Em treze anos no circuito profissional, Roddick conquistou 32 títulos de simples e quatro de duplas e chegou a ser líder do ranking por nove semanas em 2003. Atualmente, ele está como 22º da lista.

Leia também:

Leia também: Djokovic vence com facilidade e vai às oitavas do US Open

O duelo foi retomado nesta quarta-feira, com bom desempenho de Roddick – que abriu vantagem de 1 set a 0.

Os dois tenistas duelaram com muito equilíbrio também no segundo set, mas nesta vez quem se deu melhor no tie-break foi Del Potro. A derrota no desempate da parcial abalou psicologicamente Roddick, que não conseguiu manter o mesmo nível de partida no terceiro set e foi derrotado rapidamente. O norte-americano entrou no quarto set precisando da vitória. Vibrante e com agressividade, Roddick reequilibrou o duelo, mas acabou superado pelo rival.

Nos games finais, a torcida local o apoiou bastante, vibrando e aplaudindo de pé cada ponto conquistado por ele, que chegou a salvar um match point. Sua carreira, no entanto, foi selada com uma bola para fora depois de 3h15 de partida.