Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Robinho se diz ‘revoltado’ com acusação divulgada na Itália

Em nota, atacante do Santos diz que a denúncia 'não tem nenhum fundamento'

Por Da Redação 22 out 2014, 13h28

O atacante Robinho nega ter qualquer envolvimento com uma acusação de estupro noticiada nesta quarta-feira pelo jornal Corriere della Sera. Uma nota divulgada pela assessoria de imprensa do atleta afirma que ele ficou “revoltado” quando soube que o diário italiano divulgou que ele está sendo investigado por causa da denúncia de uma jovem brasileira que diz ter sido vítima de um estupro coletivo em Milão, no começo do ano passado. “Robinho afirma que não tem qualquer participação no episódio mencionado. Todas as providências legais já estão sendo tomadas”, diz o comunicado, que afirma também que o atleta “lamenta o episódio, que é levantado sem qualquer fundamento, justamente em um período que atravessa uma boa fase profissional, pessoal e familiar”.

A nota divulgada pelos assessores do atleta reclama também do fato de uma outra acusação de estupro ter sido lembrada nas notícias publicadas nesta quarta-feira. Robinho foi inocentado daquela acusação, surgida em 2009, na Inglaterra. “A autora da falsa acusação foi denunciada pela polícia e responde processo pelo crime de falsa acusação e calúnia”, diz o texto, que termina com um agradecimento “a todos que torcem por ele, que conhecem sua índole, e, portanto, sabem que jamais cometeria tal ato”. A notícia publicada pelo Corriere della Sera afirma que a brasileira que afirma ter sido estuprada procurou a polícia seis meses depois da noite em que o episódio teria ocorrido. O jornal diz que o Ministério Público sugeriu a prisão preventiva do jogador em meio às investigações, mas a juíza Alessandra Simon rejeitou o pedido.

Publicidade