Clique e assine com até 92% de desconto

Roberto Carlos anuncia aposentadoria e quer jogo de despedida contra o Real

Por Da Redação 1 ago 2012, 14h35

Moscou, 1 ago (EFE).- O lateral brasileiro Roberto Carlos, que jogou durante os dois últimos anos na Rússia, anunciou nesta quarta-feira sua aposentadoria após defender grandes equipes como Real Madrid, Corinthians, Palmeiras e Inter de Milão.

‘Já iniciei as conversas para a disputa da partida (de despedida) entre Real Madrid e Anzhí’, afirmou Roberto Carlos em entrevista coletiva nos arredores de Moscou, segundo as agências de notícias russas.

O jogador, de 39 anos, acrescentou que gostaria que o jogo entre o clube espanhol no qual jogou durante 11 temporadas e sua última equipe profissional seja disputado na república caucásica do Daguestão.

Roberto Carlos, campeão do mundo com o Brasil em 2002 e da Liga dos Campeões em três ocasiões com o Real Madrid (1998, 2000 e 2002), deixou o Corinthians em março de 2011 para defender o modesto Anzhí, da Rússia.

Considerado um dos melhores laterais esquerdos da história do futebol, o brasileiro já havia pendurado provisoriamente as chuteiras na temporada passada.

Na atual temporada, o lateral, que poderia assumir a presidência do clube russo, atuava como assistente do técnico holandês, Guus Hiddink.

‘Devemos entender que a carreira de um jogador deve terminar em algum momento. Roberto Carlos inicia uma nova etapa tanto em sua vida, como no clube’, declarou Hiddink.

O holandês disse ainda que ‘com seu carisma e autoridade, Roberto Carlos dará uma grande contribuição ao desenvolvimento do clube e do futebol russo’.

Logo após chegar ao clube russo, Roberto Carlos se tornou o jogador favorito da torcida e foi nomeado capitão do Anzhí, que se classificou pela primera vez para as competições europeias. EFE

Continua após a publicidade
Publicidade