Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Rio-2016: vôlei é o esporte mais procurado na 1ª semana de vendas

Organização dos Jogos já recebeu 1,2 milhão de solicitações de ingressos

Por Da Redação - 8 abr 2015, 10h41

A organização da Olimpíada do Rio de Janeiro em 2016 informou nesta terça-feira que, uma semana depois do início das vendas, 1,2 milhão de ingressos para o evento já foram solicitados. O vôlei é o esporte mais procurado até o momento, seguido por futebol e basquete. Ginástica artística, natação, atletismo, tênis, vôlei de praia, judô e handebol completam a lista dos dez esportes preferidos dos torcedores.

A primeira fase de venda de ingressos para a Rio-2016 começou no dia 31 de março e vai até 30 de abril, por meio do site oficial da competição. A maior parte das primeiras solicitações veio do Rio de Janeiro, a sede do evento, e os estados que receberão as partidas do torneio de futebol (São Paulo, Distrito Federal, Minas Gerais, Amazonas e Bahia) aparecem na sequência.

Leia também:

Rio-2016 abre venda de 7,5 milhões de ingressos para Olimpíada

Publicidade

Rio-2016: projeção coloca Brasil na 8ª posição do quadro de medalhas

Brasil já tem mais da metade das vagas garantidas

A 500 dias da Olimpíada, Rio acelera obras

Rio-2016 divulga calendário de eventos-teste dos Jogos

Publicidade

Para participar da primeira fase de vendas, os interessados devem selecionar suas entradas no portal de ingressos, escolhendo o esporte, a data e o horário da sessão – e submeter os seus pedidos até o dia 30 de abril. Caso o número de compradores seja maior que o de bilhetes ofertados, haverá um sorteio em junho – todos os torcedores que enviarem suas solicitações até essa data terão chances iguais de ter a compra aprovada. Quem não for contemplado, terá uma nova chance, em sorteio realizado em agosto, e uma terceira, nas vendas diretas, a partir de outubro.

Do total de 7,5 milhões de bilhetes que serão colocados à venda, mais da metade (3,8 milhões) é oferecida a até 70 reais. Os mais baratos custam 40 reais (com direito a meia entrada) e os mais caros chegam a 4.600 reais (para a cerimônia de abertura) e 1.200 reais (para dias de competição). As entradas mais baratas são uma tentativa de evitar que se repita o que aconteceu nos Jogos de Londres-2012, quando mais de um milhão de ingressos para o torneio de futebol acabaram encalhados.

(da redação)

Publicidade