Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Rio-2016: seleção chega a Goiânia com reforço de R. Augusto

Vindo da China, meia completou o grupo de 18 atletas que buscará inédito ouro. No sábado, seleção faz amistoso contra o Japão no Serra Dourada

Por da redação Atualizado em 28 jul 2016, 10h24 - Publicado em 28 jul 2016, 10h01

A seleção brasileira olímpica de futebol chegou na noite desta quarta-feira a Goiânia e agora está completa. O meia Renato Augusto, do Beijing Guoan, da China, se juntou ao grupo que fará amistoso no sábado, no Serra Dourada, diante do Japão, o último compromisso antes da estreia na Rio-2016. Apesar de cansado pela longa viagem, o jogador de 28 anos se disse empolgado pela oportunidade de disputar uma Olimpíada e em sua cidade natal.

Leia também:
Prass será poupado de amistoso em Goiânia
Neymar se irrita: ‘Por que não posso ir pra balada?’
Rio-2016: seleção treina com Neymar, Gabigol e Jesus no ataque

“Era algo que já nem passava pela minha cabeça, por já ter passado da idade. Mas era um sonho que eu tinha e um momento ainda mais especial, podendo chegar numa final e jogar na minha cidade, no bairro em que sou nascido e criado (a Tijuca, onde fica o Maracanã, palco da final olímpica). Então com certeza tem um gosto muito especial”, disse o jogador, que tem, inclusive, uma tatuagem do Maracanã no braço direito.

Apesar de se juntar ao grupo dez dias depois do início dos treinamentos, Renato Augusto diz ter conhecimento de tudo o que vem sendo trabalhado pelo técnico Rogério Micale. “Eu recebo pelo telefone. A gente tem de aproveitar a tecnologia. Não é a mesma coisa que estar em campo, mas pelo menos eu não vou sair do zero.” As orientações sobre os treinamentos feitos a cada dia são passadas pelo aplicativo WhatsApp.

O jogador eleito o melhor do último Brasileirão, quando defendia o Corinthians, garante estar bem fisicamente, pois continua treinando forte, “muito mais do que treinava no Brasil”. A seleção enfrenta o Japão às 16h30 (de Brasília) deste sábado, no último compromisso antes da estreia na Olimpíada, em 4 de agosto, diante da África do Sul, no Mané Garrincha, em Brasília.

Continua após a publicidade
Publicidade