Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Rio-2016 poderá ter até duas novas sedes para o futebol

Estádios da Copa e até o Engenhão aparecem como alternativas para a organização dos Jogos. Nesta quinta, COB anunciou mudança no ciclismo

Por Da Redação 8 jan 2015, 15h50

A Olimpíada do Rio de Janeiro em 2016 pode ter até duas sedes a mais para a disputa dos jogos de futebol. Responsável pela modalidade, a Fifa está preocupada com o desgaste que sofrerão os gramados das cinco sedes já definidas para a competição e negocia a inclusão de mais estádios. Até mesmo o Engenhão, que receberá as provas de atletismo, aparece como candidato a receber partidas. A definição deverá ser dada até fevereiro.

O presidente do Comitê Rio 2016, Carlos Arthur Nuzman, chegou a dizer nesta quinta-feira em evento no Rio que a inclusão de uma sede a mais era uma “certeza”, mas depois falou em “palpite”. “Isso está sendo discutido com a Fifa e a CBF, por causa da manutenção dos campos de futebol.”

Leia também:

Velejadores relatam diarreia após treinos no Rio

Nuzman teme que crise do vôlei afete Brasil em 2016

Longe da meta, Rio-2016 prorroga inscrição de voluntários

Continua após a publicidade

Rio-2016 apresenta os mascotes dos Jogos Olímpicos

Rio-2016: Medalha dos Jogos terá material reciclado​

As disputas de futebol no Rio serão no Maracanã, mas a inclusão de partidas no Engenhão não está descartada. São Paulo, Brasília, Belo Horizonte e Salvador foram as outras cidades anunciadas como sedes do futebol. Em caso de mais sedes, elas serão escolhidas entre as outras sete que abrigaram a Copa do Mundo. “Há muitas interessadas, e se tivermos de escolher será em conjunto com a Fifa e a CBF”, disse Nuzman.

Na segunda-feira, o prefeito de Porto Alegre, José Fortunati, disse que a capital gaúcha gostaria de ser uma das novas sedes – o Beira-Rio abrigou cinco jogos da Copa do Mundo -, mas revelou temor porque soube que “o caderno de encargos é muito pesado”. Nuzman desconversou. “O estádio, sendo da Copa, nos dá certeza de que estará em condições. Tanto o campo quanto o estádio terão condições. Na hora em que forem distribuídos os grupos, masculinos e femininos, a Fifa vai escolher de acordo com o que cada cidade oferece.”

Mudança – O Comitê Rio informou nesta quinta-feira que a prova de ciclismo contra o relógio, prevista para ocorrer no Aterro do Flamengo, mudou de local. A largada será na praça Tim Maia, no Pontal da praia do Recreio dos Bandeirantes, na zona oeste. Segundo a entidade, a intenção é diminuir o impacto na mobilidade urbana na zona sul da cidade, que já abrigará provas na Marina da Glória, Copacabana e Lagoa.

(Com Estadão Conteúdo)

Continua após a publicidade
Publicidade