Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Rio-2016: atletas desfilam com a tocha em Brasília

Fabiana Claudino, do vôlei, abriu o revezamento, que passará pelas mãos de Gabriel Medina, Vanderlei Cordeiro de Lima, entre outros

O revezamento da tocha olímpica da Rio-2016 teve início às 10h desta segunda-feira quando a presidente Dilma Rousseff – acuada pelo processo de impeachment que pode impedi-la de participar da festa em agosto – passou a chama para Fabiana Claudino, bicampeã olímpica de vôlei, depois de uma cerimônia no Palácio do Planalto, em Brasília.

Fabiana desceu a rampa do Palácio e desfilou com a tocha pela Esplanada dos Ministérios. Em seguida, passou o objeto para Artur Ávila Cordeiro de Melo, primeiro pesquisador da América Latina a receber a Medalha Fields, considerada o Prêmio Nobel da matemática.

Leia também:

Tema da abertura da Rio-2016 será a formação da sociedade brasileira

COI vê Rio-2016 como ‘mensagem de esperança’ diante da crise no Brasil

Rio-2016 divulga vídeo comemorativo a 100 dias dos Jogos

Participarão ainda do desfile brasileiros, ligados ao esporte ou não, que tenham “histórias inspiradoras”. Entre os atletas, estão o surfista Gabriel Medina, o ex-maratonista Vanderlei Cordeiro de Lima, a pugilista Adriana Araújo, a jogadora de vôlei Paula Pequeno, o carateca Gabriel Hardy e o ginasta Ângelo Assumpção. Entre os não atletas estão confirmados Aurilene Vieira de Brito (educadora) e Hanan Khaled Daqqah, uma refugiada síria de apenas 12 anos de idade.

A tocha olímpica percorrerá 327 cidades brasileiras até a cerimônia de abertura dos Jogos, no Maracanã, em 5 de agosto. Confira o trajeto e o calendário completo do revezamento.

(da redação)