Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Ricardo Gomes pode ter tubo respiratório retirado em 24h

Por Da Redação 8 set 2011, 11h55

Por AE

Rio – O técnico Ricardo Gomes segue se recuperando de forma satisfatória do Acidente Vascular Encefálico (AVE) que sofreu no último dia 28 de agosto, durante o clássico entre Vasco e Flamengo, no Engenhão, pelo Campeonato Brasileiro. Nesta quinta-feira, um novo boletim médico foi divulgado pelo Hospital Pasteur, no Rio, e revelou que o treinador deu um novo passo importante em sua recuperação.

Os médicos informaram que o treinador vascaíno apresentou, nas últimas 24 horas, “uma melhora progressiva do seu nível de consciência, permanecendo acordado com maior frequência, sem utilização de sedativos, durante este período”. Com isso, elesrevelaram que irão avaliar nas próximas 24 horas a possibilidade da retirada do tubo traqueal, de ventilação mecânica, que o auxilia na respiração. “Este procedimento é nomeado de extubação”, esclareceu o boletim.

Na última quarta-feira, os médicos disseram que Ricardo Gomes havia apresentado um grande progresso no nível de consciência, fato que permitiu que ele ficasse mais tempo acordado e sem fazer uso de sedativos. Por causa disso, eles já previam a retirada em breve da ventilação mecânica. Agora, porém, eles estabeleceram o prazo de 24 horas para que essa possibilidade se concretize.

Apesar da nova evolução no quadro de recuperação, o boletim médico informou que ainda não existe previsão de alta do treinador do Centro de Tratamento Intensivo (CTI) do Hospital Pasteur, no qual ele seguirá com o trabalho de fisioterapia motora e respiratória no leito em que está internado.

Enquanto Ricardo Gomes se recupera do AVE sofrido no final do mês passado, o Vasco voltará a campo no Campeonato Brasileiro na noite desta quinta-feira, quando enfrentará o Coritiba, às 20h30, em São Januário, pela 22.ª rodada da competição. Caso vença o confronto, o time carioca chegará ao mesmos 41 pontos do São Paulo, que neste momento é o líder isolado do torneio.

Continua após a publicidade
Publicidade