Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Retornando de suspensão, M. Paraíba garante que fez falta contra o Goiás

A derrota diante do Goiás em plena Ilha do Retiro, no último sábado, ainda não foi digerida pelos torcedores do Sport, que promoveram um quebra-quebra logo após a partida, e muito menos pelos jogadores, que tentam encontrar uma explicação para o revés.

O meia Marcelinho Paraíba não participou do duelo diante do Esmeraldino por conta da suspensão pelo terceiro cartão amarelo, mas volta a campo para enfrentar o Náutico no clássico pernambucano deste sábado e garante que, com ele, teria sido tudo diferente na última rodada.

‘Com a minha ausência o Sport perde muito na criação, já que não temos muitos jogadores que armar o time e deixam os companheiros na cara do gol. Quando eu estou jogando a cobrança também é muito grande, então estou pronto para assumir a responsabilidade e fazer um grande jogo contra o Náutico’, afirmou o camisa 10 e capitão do Leão da Ilha.

A necessidade da vitória diante do Timbu para que renasça o sonho do acesso, e o protesto da torcida após a partida também foram lembrados pelo meia. ‘Precisamos ganhar para sonhar e não podemos fugir da responsabilidade. Não garanto que vamos jogar bem, mas dou certeza que não vai faltar vontade e luta dentro de campo, que é o que o torcedor espera. Infelizmente houve aqueles incidentes na última partida, mas agora é vida nova’, afirmou o jogador do Sport, que é sexto colocado na classificação da Série B com 48 pontos ganhos, apenas três a menos que o Americana, primeiro time dentro do G-4.

Torcida Jovem do Sport proibida de frequentar jogos

Em decisão anunciada na noite desta terça-feira, a Federação Pernambucana de Futebol proibiu que membros organizados da Torcida Jovem do Sport frequentem as partidas da equipe na reta final do Campeonato Brasileiro da Série B.

Represália ao quebra-quebra ocorrido após a derrota diante do Goiás, essa punição fixa que nada que possa identificar a marca desta torcida seja autorizado a entrar na Ilha do Retiro sob risco de punição do Juizado Especial do Torcedor.