Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Reservas do Santos e Coritiba se enfrentam apenas para cumprir tabela

Por Da Redação 19 nov 2011, 20h38

Após empatar com o Atlético-GO, na última quinta-feira, no Pacaembu, o Santos se prepara para voltar a campo diante do Coritiba, neste domingo, a partir das 19 horas (horário de Brasília), no Couto Pereira. Os dois times já não possuem maiores aspirações no Campeonato Brasileiro e praticamente apenas cumprem tabela neste confronto válido pela 36rodada da competição.

O Peixe, inclusive, por estar se preparando para a disputa do Mundial de Clubes da Fifa, em dezembro, no Japão, vai mandar a campo uma equipe repleta de reservas. Os titulares, casos dos astros Paulo Henrique Ganso e Neymar, vão ficar treinando na Baixada Santista.

‘Chegou a hora de nos prepararmos para o Mundial. Agora, temos que deixar o Brasileiro um pouco de lado para que o pessoal chegue bem no Japão. Por isso, quem não está jogando vai ter a oportunidade, assim como foi contra o Ceará’, disse o técnico Muricy Ramalho, relembrando que, mesmo com os reservas, o Alvinegro Praiano bateu o Vovô, no último domingo, no Presidente Vargas.

E, a exemplo do que aconteceu diante do Ceará, Muricy não irá comandar o time no banco de reservas. O treinador, que vem seguindo tratamento indicado pelos médicos para hérnia de disco, será substituído outra vez por Mário Felipe Perez, o Tata, seu auxiliar.

Para essa partida, o único atleta que cumpriu suspensão na última rodada, o zagueiro Bruno Aguiar, está liberado e deverá formar dupla de zaga com Vinícius Simon. O goleiro Aranha e os laterais Leandro Silva e Éder Lima completam o setor.

Já no meio-campo, a possibilidade remota do meia Elano ser escalado foi descartada. Isto porque, o jogador ainda está na fase final de recuperação de uma lesão na coxa direita, que o afastou dos gramados há mais de um mês.

A derrota para o Atlético Mineiro, no meio de semana, praticamente fez o Coxa dar adeus ao sonho de chegar à Libertadores da América, embora matematicamente ainda seja possível terminar a competição no G-5, com três vitórias e uma combinação de resultados. O ponto positivo é que o Alviverde terá dois jogos no Alto da Glória e encerra sua participação diante do rival Atlético Paranaense, na Arena da Baixada, ou seja, não sairá mais de Curitiba neste ano.

O técnico Marcelo Oliveira não contará com o zagueiro Émerson, que recebeu o terceiro cartão amarelo diante do Galo e cumpre suspensão automática. Desse modo, Pereira entrará na vaga deixada pelo defensor.

Em compensação, o lateral Lucas Mendes está de volta ao time. O atleta reforçará o setor defensivo, que foi o mais criticado após a última partida da equipe, já que o jogador, que estava bem entrosado e em boa fase, fez falta tanto na marcação quanto no apoio ao ataque.

O comandante coxa-branca ainda mostra confiança em seu elenco para reverter a situação dificil, mas, em seu discurso, já admite nas entrelinhas ficar de fora da competição sul-americana, lutando apenas por uma posição mais digna na classificação final do Brasileirão. ‘O grupo do Coritiba é muito unido e comprometido. Temos que entrar muito forte nesses três jogos. Vamos tentar chegar aos 60 pontos e terminar o ano bem.’

Continua após a publicidade

FICHA TÉCNICA

CORITIBA X SANTOS

Estádio: Estádio Couto Pereira, em Curitiba (PR).

Data: 20 de novembro de 2011, domingo

Horário: 19 horas (horário de Brasília)

Árbitro: Elmo Alves Resende Cunha (GO)

Assistentes: Alessandro Rocha de Matos (Fifa-BA) e Carlos Berkenbrock (Fifa-SC)

CORITIBA: Vanderlei; Jonas, Jéci, Emerson e Lucas Mendes; Willian, Léo Gago, Davi (Tcheco) e Rafinha; Everton Costa (Marcos Aurélio) e Leonardo

Técnico: Marcelo Oliveira

SANTOS: Aranha; Leandro Silva, Bruno Aguiar, Vinícius Simon e Éder Lima; Anderson Carvalho, Rodrigo Possebon, Ibson e Felipe Anderson; Diogo e Alan Kardec

Técnico: Tata (interino)

Continua após a publicidade

Publicidade