Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Renê se aposenta e vira diretor de futebol do Grêmio-SP

Por Da Redação 3 fev 2012, 07h55

O Grêmio-SP vai apresentar na manhã desta sexta-feira o seu novo diretor de futebol, que já é conhecido no clube por conta de sua passagem como jogador. Trata-se do ex-goleiro Renê, que defendeu a meta do time entre 2008 e 2009 e no ano passado, e que se aposentou recentemente.

A mudança no comando do futebol está ligada ao mau início do Grêmio-SP no Campeonato Paulista da Série A-2. Em três rodadas disputadas, a equipe empatou com Santacruzense e União São João e perdeu para o América-SP. A Abelha está na incômoda 16posição, apenas uma à frente da zona da degola.

Atualmente com 34 anos, o paulistano Renê foi revelado pelo Londrina em 2000 e acumulou passagens por clubes como Gama e América-RN até chegar ao Grêmio-SP, em 2008. Destaque na campanha de acesso para a Série A do Campeonato Brasileiro, ele ficou em evidência no ano seguinte e foi disputado por Portuguesa e Atlético-MG, mas foi rejeitado por ambos após um imbróglio contratual. Por isso, ele atuou pelo Mirassol no início de 2010.

As boas atuações no Campeonato Paulista daquele ano fizeram com que Renê fosse contratado pelo Bahia logo a seguir, mas justamente quando havia se firmado no Esquadrão de Aço, Renê foi flagrado no exame antidoping pelo uso da substância furosemida e foi punido com suspensão de um ano.

Em setembro do ano passado ele voltou ao Grêmio-SP e acabou ficando na reserva de Juninho na reta final do Campeonato Brasileiro da Série B. Podendo continuar no elenco do clube neste ano, Renê preferiu se aposentar e agora vai tentar ajudar à equipe fora dos gramados.

Continua após a publicidade
Publicidade