Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Renato pede determinação ao elenco do Botafogo

Por Da Redação 19 nov 2011, 15h02

Por AE

Rio – A má fase do Botafogo, que perdeu quatro das suas últimas cinco partidas no Brasileirão, fez como vítima o técnico Caio Júnior, demitido depois da derrota para o América-MG, em Sete Lagoas (MG). Mas o volante Renato, um dos mais experientes do elenco, lembra que o time tem também grande responsabilidade pela sequência e pede empenho na partida deste domingo, no Engenhão, diante do Internacional, adversário direto por uma vaga na Copa Libertadores do ano que vem.

“Dentro de campo, somos nós que temos a responsabilidade, precisamos entrar com determinação e saber que jogo com o Inter é muito importante. Está todo mundo voltado para o resultado positivo, para acabar com essa sequência negativa. No nossa casa, pela força que temos, podemos voltar a conquistar os três pontos contra uma equipe que luta por Libertadores. Sabemos que dependemos apenas de nós para reverter a situação”, afirma.

A torcida não está nada satisfeita com a queda acentuada que o Botafogo teve na tabela, saindo da briga pelo título e estando agora até fora da zona de classificação à Libertadores, em sexto. Por isso, foi protestar no CT João Saldanha, enquanto o time treinava neste sábado pela manhã. Renato lembra que a cobrança é normal.

“Já passei por momentos assim e sei que a cobrança sempre vai existir. Se você é cobrado, é pelo que fez e porque pode dar mais. O grupo está fechado e precisa ter tranquilidade para jogar e trazer o torcedor de volta”, comentou.

O treino teve as ausências de Maicosuel e Lucas. Os dois têm torção no tornozelo e ainda são dúvidas para a partida. Mesmo assim ficarão concentrados com o grupo.

Continua após a publicidade

Publicidade