Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Reincidente, espanhola Josephine Onyia é suspensa por doping

Por Filippo Monteforte 13 dez 2011, 16h27

A atleta espanhola Josephine Onyia foi suspensa por dois anos pela federação espanhola, após um novo controle positivo para um estimulante, após ter sido sancionada pela primeira vez em 2008, informou esta terça-feira à AFP a Federación internacional de Atletismo (IAAF).

“A Federação espanhola nos notificou desta suspensão em 22 de novembro, o que significa que, se não houver apelação por parte da IAAF, a atleta poderá voltar à competição em 3 de agosto de 2013”, explicou Yannis Nikolaou, porta-voz da IAAF, por telefone, de Mônaco.

Josephine Onyia, recordista espanhola dos 100m com barreiras, teve novamente exame positivo para um estimulante, a metilhexanamina, em julho de 2011, após ter sofrido uma suspensão de dois anos por outro exame, também positivo, para a mesma substância e para clembuterol, em 2008.

A atleta de 25 anos, nascida na Nigéria, foi punida por apelação da IAAF ante o Tribunal Arbitral do Esporte (TAS), uma vez que sua federação a absolveu.

Nesta nova ocasião, foi o Comitê de Competição da RFEA a que decidiu suspendê-la por dois anos.

A metilhexanamina é considerada no Código Mundial Antidoping da AMA como uma “substância menor”, daí a atleta ser sancionada com dois anos de suspensão (que podem chegar a quatro) e não por toda a vida, como acontece com os reincidentes.

Continua após a publicidade
Publicidade