Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
CLIQUE E RECEBA A REVISTA EM CASA A PARTIR DE R$14,90/MÊS Clique e receba em casa a partir de R$ 14,90

Recopa: Chapecoense leva goleada na Colômbia e fica sem a taça

Equipe catarinense não resiste à força do Atlético Nacional, em Medellín

Por Da redação Atualizado em 11 Maio 2017, 00h12 - Publicado em 11 Maio 2017, 00h00

A Chapecoense não conseguiu conquistar nesta quarta-feira o segundo título internacional de sua história. No jogo de volta da Recopa Sul-Americana, o time catarinense foi goleado pelo Atlético Nacional por 4 a 1, em Medellín, e viu o adversário levantar a taça. Na partida de ida, a Chape havia vencido os colombianos por 2 a 1.

  • O jogo marcou a volta da Chapecoense à Colômbia mais de cinco meses após a tragédia aérea que deixou 71 mortos, entre eles jogadores e integrantes da comissão técnica do clube, além de convidados e profissionais de imprensa, na véspera do primeiro jogo da final da Copa Sul-Americana do ano passado.

    Consagrada campeã do torneio pela Conmebol depois da tragédia, a equipe de Santa Catarina disputou a Recopa contra o Atlético Nacional, que faturou a última Taça Libertadores da América. Precisando da vitória para ganhar o título, a equipe colombiana goleou com dois gols de Moreno e dois de Ibargüen. Túlio de Melo marcou para os visitantes.

    Antes de a bola rolar, Jakson Follman, Alan Ruschel e Neto, os três jogadores que sobreviveram ao acidente de 29 de novembro, pisaram no gramado e foram ovacionados pelo público local. A torcida colombiana montou um mosaico com a frase “Campeón del continente”, em homenagem à Chapecoense.

    (Com EFE)

    Continua após a publicidade
    Publicidade