Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Recomeça a venda de ingressos para a Copa do Mundo

<p>Desde as 9h, no horário de Brasília, é possível acessar o site da Fifa para solicitar bilhetes para 62 dos 64 jogos</p>

Por Da Redação Atualizado em 11 jan 2022, 20h48 - Publicado em 8 dez 2013, 09h42

Recomeçou neste domingo a venda de ingressos para a Copa do Mundo 2014. Desde as 9h, no horário de Brasília, é possível acessar o endereço www.fifa.com/ingressos e solicitar bilhetes.

Na sexta-feira, a Fifa realizou o sorteio dos grupos da Copa do Mundo, em cerimônia em Costa do Sauípe, na Bahia. Com isso, os torcedores que acessarem o site da entidade a partir de hoje poderão solicitar ingressos já cientes da tabela de jogos da primeira fase da competição.

Embora os jogos de abertura e encerramento estejam excluídos da venda geral, torcedores brasileiros poderão requisitar ingressos para a partida entre Brasil e Croácia que inaugura a competição no dia 12 de junho, na Arena Corinthians, em São Paulo.

Isso porque as cotas de ingressos de seleções participantes também começaram a ser vendidas. Para cada jogo, 16% dos bilhetes serão reservados para os torcedores de ambas as equipes. Somente cidadãos dos países em campo, ou neles residentes, podem solicitar essa compra, que tanto pode ser feita tanto por um link especial na página de ingressos quanto pela página da equipe no site da Fifa.

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

A venda geral de ingressos vai até o dia 30 de janeiro. A venda das cotas de equipes, até 7 de fevereiro. Se houver mais pedidos que o número total de assentos disponíveis haverá sorteio para definir os contemplados.

Leia também:

Brasil pega Croácia, México e Camarões na Copa de 2014

EUA terão o caminho mais longo, e a Bélgica, o mais curto

Alemanha vai suar muito; Uruguai sofrerá choque térmico

Fifa altera horário de sete jogos por causa do calor

Atraso nas obras – Jogos marcados para o Itaquerão, Arena Pantanal e Arena da Baixada devem ter uma carga de ingressos 7% menor do que a capacidade dos estádios. Isso por causa do atraso na colocação das cadeiras, o que impedirá a contagem dos lugares – quando a arena está pronta, técnicos contam um por um os assentos para numerá-los e definir a capacidade real. Assim, a entidade evitaria vender mais bilhetes do que a capacidade real do estádio.

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Publicidade