Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Real sai em desvantagem, mas vira sobre o Levante e abre vantagem

Madri, 12 fev (EFE).- Líder do Campeonato Espanhol, o Real Madrid deu mais um passo importante para quebrar um jejum de três ano sem conquistar o título ao vencer o Levante por 4 a 2 de virada neste domingo, abrindo dez pontos de diferença para o segundo colocado, o Barcelona, que no sábado usou um time misto e perdeu por 3 a 2 para o Osasuna.

Gustavo Cabral abriu o placar no Santiago Bernabéu, que antes da partida sediou uma homenagem ao lateral Roberto Carlos, aos cinco minutos do primeiro tempo, mas Cristiano Ronaldo empatou ainda antes do intervalo, aos 43, cobrando um pênalti que custou a expulsão de Vicente Iborra.

Cristiano tornou possível a virada na etapa final com dois gols, um deles com um chute espetacular que superou ao uruguaio Gustavo Munúa, para elevar seu total no Espanhol a 27, quatro mais que Lionel Messi. O marfinense Arouna Koné diminuiu, mas o francês Karim Benzema fez o quarto logo em seguida.

‘Os gols vêm pelo jogo do conjunto. Estamos fazendo um trabalho muito bom’, disse o astro português após o apito final.

Com dois gols de Jonas, que entrou em campo apenas no segundo tempo, o Valencia goleou o Sporting Gijón por 4 a 0 e se consolidou na terceira posição, com 40 pontos, oito a mais que o Levante, quarto colocado.

Na parte de baixo da tabela, o Villarreal ganhou quatro posições e deixou a zona de rebaixamento ao derrotar o Granada por 3 a 1 no ‘El Madrigal’. O último gol do ‘Submarino Amarelo’ foi marcado contra pelo goleiro brasileiro Julio César, em uma falha incrível. O ex-jogador do Botafogo tentou afastar a bola com um soco e a colocou para dentro da meta.

O único gol – a favor – de um jogador brasileiro na rodada foi marcado pelo atacante Diego Costa, que balançou a rede pela segunda vez em duas partidas pelo Rayo Vallecano, no triunfo por 2 a 0 sobre o Getafe, em casa. EFE