Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Real Madrid só vai liberar Cristiano Ronaldo por R$ 2,7 bi

Clube espanhol se diz tranquilo em relação a uma possível investida do PSG

Os rumores sobre uma possível saída de Cristiano Ronaldo do clube começaram em setembro, quando o atleta de 27 anos, com contrato até junho de 2015, disse que estava “infeliz”

O atacante Cristiano Ronaldo não está à venda – e, se alguém quiser insistir em contratar o português, terá de gastar um bilhão de euros, o equivalente a 2,7 bilhões de reais. Pelo menos é o que afirma a diretoria do Real Madrid, que só libera o jogar com o pagamento integral da multa de rescisão contratual. A afirmação tem como objetivo acalmar os torcedores espanhóis, que ficaram preocupados com o interesse manifestado pelo Paris Saint Germain, da França, pelo português. No início da semana, o empresário Saud Bin Abdulrahman Al-Thani, um dos donos do clube francês, revelou que Cristiano e o técnico José Mourinho seriam os objetivos do PSG para janeiro, quando a janela de transferências internacionais é reaberta. Dentro da ambiciosa estratégia de Al-Thani para transformar o PSG num clube de primeiro escalão na Europa, a contratação de Cristiano Ronaldo seria a cartada decisiva.

Leia também:

Leia também: ‘Ser humilde demais não é bom’, afirma Cristiano Ronaldo

De acordo com a imprensa espanhola, o Real não parece preocupado, pois acredita ser capaz de manter o astro na equipe. De acordo com o jornal As, a proximidade entre Ronaldo e Mourinho, que têm o mesmo empresário, Jorge Mendes, não influenciaria uma possível transferência simultânea da dupla ao Parque dos Príncipes em 2013. “Cada um deve seguir seu caminho”, sem qualquer tipo de dependência, diz a publicação. Ainda segundo o diário, a diretoria do Real aposta que Ronaldo continuará em Madri por muitos anos. Os rumores sobre uma possível saída de Cristiano Ronaldo do clube começaram em setembro, quando o atleta de 27 anos, com contrato até junho de 2015, disse que estava “infeliz”. A imprensa espanhola divulgou que a insatisfação do português era pelo salário que recebe em Madri, distante dos jogadores mais bem pagos do planeta.

Leia também:

Leia também: Revista People elege Cristiano Ronaldo o mais sexy de 2012

Como dinheiro não falta aos novos donos do PSG, o clube francês logo foi apontado como possível destino de Ronaldo. Para reforçar os rumores, o empresário Nasser Al-Khelaifi, que é sócio tanto do clube parisiense como da rede de TV Al Jazeera, também negocia uma espécie de reality show com Cristiano Ronaldo na emissora. As constantes reuniões entre Mendes e a cúpula do PSG também ajudam a aumentar as especulações. Ao contrário do jogador, o técnico José Mourinho deve mesmo deixar o Santiago Bernabéu no próximo ano. Com sua filha matriculada numa escola de Londres, o treinador pode voltar ao Chelsea. Além de fazer uma das piores campanhas do Real Madrid no Campeonato Espanhol dos últimos anos, o português critica repetidamente – e em público – tanto a diretoria do Real como a própria torcida.

(Com agência Gazeta Press)