Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Real goleia e encerra Espanhol com marca histórica; Villarreal é rebaixado

Madri, 13 mai (EFE).- O campeão antecipado Real Madrid fechou a campanha no Campeonato Espanhol vencendo o Mallorca por 4 a 1 no estádio Santiago Bernabéu neste domingo, chegando assim à histórica marca de 100 pontos, enquanto o Villarreal, quarto colocado em 2011 e vice-campeão em 2008, foi rebaixado.

A última rodada foi dramática até os últimos segundos das partidas, como no caso do Rayo Vallecano, que se salvou da queda com um gol de Raúl Tamudo aos 47 minutos do segundo tempo no confronto diante do Granada, que só não caiu porque o ‘Submarino Amarelo’ sofreu um gol aos 43 da segunda etapa contra o Atlético de Madri, em casa.

O Real goleou o Mallorca com dois gols de Özil, um de Benzema e outro de Cristiano Ronaldo, que somou um total de 46 no campeonato, quatro menos que o artilheiro, Lionel Messi. O argentino conseguiu o recorde da competição mesmo sem balançar as redes no empate em 2 a 2 entre Barcelona e Betis no sábado.

Com a vitória, o time de Madri chegou a 100 pontos, marca jamais alcançada em toda a história do Espanhol. De quebra, ainda teve o melhor ataque de todos os tempos, com 121 gols.

Também no sábado, o Valencia, que já tinha a terceira posição garantida, se despediu do técnico Unai Emery perdendo por 1 a 0 para a Real Sociedad, que, por sua vez, teve pela última vez seu capitão, o meio-campista Mikel Aramburu, que se aposentou após 14 anos no clube.

Com Real, Barça e Valencia já garantidos na Liga dos Campeões, restava apenas uma vaga apenas para a principal competição da Europa. O classificado foi o Málaga, que dependia apenas de si e bateu o Sporting Gijón por 1 a 0 no estádio La Rosaleda, com gol de Rondón, e ainda selou o rebaixamento do adversário.

Atlético de Madri e Levante, que ainda sonhavam com a ‘Champions’, tiveram que se contentar com um lugar na Liga Europa, torneio vencido pelos madrilenhos na última quinta-feira. O segundo bateu o Athletic Bilbao por 3 a 0, e o primeiro derrubou o Villarreal.

Em El Madrigal, o Atlético já tinha poucas esperanças de ir à Liga dos Campeões, e o empate mantinha o ‘Submarino’ na elite. Mas Falcao, com um gol a poucos minutos do fim, silenciou o estádio.

A esperança para o Villarreal passou a ser uma derrota ou a menos um empate do Rayo com o Granada como mandante, no Teresa Rivero. Tudo também corria bem, até que Tamudo salvou a equipe anfitriã, estufando a rede aos 47 da etapa final.

Assim, a equipe que chegou às semifinais da ‘Champions’ em 2006 e ficou a sete pontos do título espanhol em 2008 volta para a segunda divisão depois de 11 temporadas na elite. O time do atacante Nilmar se junta ao Racing Santander, que já estava rebaixado, e ao Gijón, que também caiu neste domingo ao perder para o Málaga. EFE