Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Real apaga cruz de seu distintivo para agradar aos árabes

Outro time espanhol, o Valencia, desiste de novo escudo por causa do Batman

Por Da Redação 25 nov 2014, 14h32

Dois dos principais clubes da Espanha anunciaram nesta terça-feira decisões inusitadas em relação a um dos principais patrimônios de qualquer equipe de futebol: o distintivo. De olho numa ótima oportunidade de negócio no Oriente Médio, o Real Madrid revelou uma versão diferente de seu escudo, sem a cruz que fica no topo da coroa do emblema. Na contramão, o Valencia, que havia lançado uma versão modernizada de seu símbolo, desistiu de adotá-lo, temendo sofrer um processo – os detentores dos direitos sobre a imagem do Batman achavam que o desenho lembrava o emblema que ilustra o traje do super-herói.

Leia também:

Real mostra uniforme ‘oriental’ para a Liga dos Campeões

Real Madrid lidera lista da ‘Forbes’ de equipes mais valiosas

Bayern quita dívida de sua arena – 16 anos antes do prazo

Sob pressão, Fifa assiste a fuga de grandes patrocinadores

A nova versão do distintivo do Real ilustra os novos cartões de crédito oficiais do clube, emitidos pelo Banco Nacional de Abu Dhabi, um novo parceiro comercial da equipe. Para agradar aos árabes e evitar criar qualquer incômodo entre os torcedores-consumidores muçulmanos, o Real aceitou apagar a cruz da coroa do distintivo. Patrocinado pela companhia aérea Emirates, o clube de Madri receberá um enorme investimento dos Emirados para reformar totalmente seu estádio, o Santiago Bernabéu. O presidente do clube, Florentino Perez, confirmou recentemente que a marca de um banco ou fundo de investimento dos Emirados será inserido no nome do estádio.

A nova versão do distintivo do Valencia
A nova versão do distintivo do Valencia VEJA

No caso do Valencia, aconteceu o oposto: ao invés de provocar a mudança, uma questão comercial impediu a troca do distintivo. A DC Comics, que publica as HQs do homem-morcego, ameaçou ir à Justiça para forçar a troca do escudo. Os torcedores ficaram irritados – afinal, a figura do morcego com as asas abertas faz parte do emblema do time desde 1922, enquanto o personagem surgiu em 1939. A DC afirma, porém, que o redesenho do símbolo ficou parecido demais com uma das versões do emblema do Batman, o que poderia render ao Valencia uma acusação de plágio.

Continua após a publicidade
Publicidade