Clique e assine com até 92% de desconto

Rapidinhas do Palmeiras: Torcida fica de costas para o time

Por Da Redação 11 set 2011, 22h12

Ainda é o melhor – Luiz Felipe Scolari classificou neste ano o atacante Kleber como o melhor centroavante do Brasil. Depois da atuação de Leandro Damião neste domingo, ele foi questionado se continuava com a mesma opinião.’Para o meu time, o Kleber é o melhor do Brasil. Não vou modificar nunca, ele tem feito bons jogos. Agora, não escolho quando se trata de outros times ou seleções nacionais’, afirmou.

Mais protestos – Muitos jogadores xingados, dirigentes hostilizados, críticas ao trabalho de Luiz Felipe Scolari: a torcida do Palmeiras está cansada da má fase. Por isso, alguns chegaram a ficar de costas para o campo por alguns minutos, principalmente depois do segundo gol do Colorado.

O que é isso? – A pressão sobre os dirigentes do Palmeiras foi grande depois da derrota para o Internacional. Após ser cobrado por torcedores, o vice de futebol Roberto Frizzo se assustou com a presença de um grande número de jornalistas perto do presidente Arnaldo Tirone. ‘Nossa, o que está acontecendo?’, indagou o dirigente, que recebeu a resposta de um repórter. ‘É o presidente dando entrevista’.

Colisão – A presença de Arnaldo Tirone causou alguns minutos de agitação no vestiário do Palmeiras. Um jornalista tentou se aproximar rapidamente do mandatário alviverde e chegou a se chocar com Roberto Frizzo. ‘O que você quer fazer comigo? Quer me jogar lá para cima?’, indagou o vice de futebol alviverde.

Não quero saber! – Desde a última semana, Luiz Felipe Scolari passou a evitar contato com os meios de comunicação. O objetivo: não tomar conhecimento dos bastidores turbulentos do Palmeiras. ‘Não tenho lido nada nos jornais, não quero mais ter dor de cabeça’, justificou.

Continua após a publicidade
Publicidade