Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Rangers recebe ofertas de compra na Escócia

Londres, 4 abr (EFE).- Quatro investidores apresentaram ofertas para comprar o Glasgow Rangers, clube que passa por processo de moratória desde fevereiro, de acordo com o que divulgaram nesta quinta-feira os atuais administradores do clube.

O prazo para apresentar as ofertas finais de compra da equipe foi aberto há pouco tempo, e já existem quatro possíveis compradores, que serão conhecidos na quinta, pela ‘Duff and Phelps’, firma londrina que gere as finanças do Rangers desde que o time começou a quebrar.

‘As ofertas são positivas e construtivas. Os administradores irão analisar nos próximos dias e falarão com as partes envolvidas para conhecer os detalhes com maior profundidade’, disse David Whitehouse, da ‘Duff and Phelps’.

Embora os prazos ainda não estejam encerrados, os gerentes do Rangers esperam decidir por uma dessas ofertas já na próxima semana, e que, no final da temporada, o clube já não esteja sob sua tutela.

O atual campeão escocês, que possui mais de 140 anos de história, entrou em moratória no dia 14 de fevereiro e foi punico com a perda de 10 pontos no Campeonato Escocês, o que permitiu que o Celtic, seu principal rival, disparasse na ponta do campeonato nacional.

A firma ‘Duff and Phelps’ assumiu o controle da instituição depois que a Fazenda do Reino Unido perdeu nos tribunais a opção de nomear um administrador, e começou uma reestruturação da equipe na busca por um comprador.

Dentro deste processo, em que a imprensa inglesa chegou a insinuar o fim do clube mais popular da Escócia, os salários dos jogadores foram diminuidos em 75%.

Em meio a essa conturbada situação econômica, o Rangers mantém a segunda posição na competição local, 18 pontos atrás do líder Celtic, a quem derrotou por 3 a 2 há duas semanas, no maior clássico da Escócia e um dos maiores do mundo. EFE