Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Rangers entra sob tutela administrativa e perde pontos

Por Ian Macnicol 14 fev 2012, 14h51

O tribunal de Edimburgo confirmou nesta terça-feira que o Glasgow Rangers, um dos clubes mais tradicionais da Europa, foi colocado sob tutela devido a graves problemas financeiros e perdeu dez pontos no Campeonato Escocês.

O clube passa a ser administrado pela firma americana Duff and Phelps, especializada na reestruturação de empresas.

O presidente do Glasgow Rangers, o empresário, Craig Whyte, que comprou o clube em maio por um valor simbólico para tentar livrá-lo das suas dívidas, explicou que a situação estava ainda mais complicada que o esperado.

“Já ouvi que nossas dívidas chegam a 49 milhões de euros, mas na verdade, somando as multas, podem chegar a 75 milhões (cerca de 90 milhões de euros). Não temos condições de pagar”, lamentou.

O processo de tutela administrativa é acompanhado pela perda de dez pontos na tabela do Campeonato Escocês, o que tira o clube da briga pelo título, já que ficou agora 14 pontos atrás do arquirrival Celtic.

Fundado em 1872, o Rangers, que tem um média de público de 45.000 torcedores por jogo, conquistou 54 vezes o campeonato local, 33 vezes a Copa da Escócia e levantou o troféu da Recopa européia em 1972.

Continua após a publicidade

Publicidade