Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Raikkonen vence e Alonso diminui vantagem de Vettel na liderança

Fernando Alonso fica com a segunda posição, e Sebastian Vettel ocupa o terceiro lugar no pódio

Por Da Redação 4 nov 2012, 12h57

O finlandês Kimi Raikkonen (Lotus) venceu o Grande Prêmio de Abu Dhabi, disputado na manhã deste domingo. A segunda colocação ficou com Fernando Alonso (Ferrari), seguido de Sebastian Vettel (Red Bull). Na briga pelo título mundial, Vettel conseguiu se manter na liderança, mas viu a vantagem em relação ao espanhol Alonso diminuir para 10 pontos.

Campeão mundial em 2007, Raikkonen conquistou sua 19ª vitória em 176 corridas – ele não vencia desde o Grande Prêmio da Bélgica 2009 e a Lotus estava em jejum há 25 anos.

Veja a classificação completa do mundial

Corrida – O britânico Lewis Hamilton (McLaren) defendeu a primeira colocação durante a largada. Já o finlandês Kimi Raikkonen (Lotus) tomou a segunda colocação, seguido pelo venezuelano Pastor Maldonado (Williams). Alonso não precisou de muito tempo para ultrapassar o australiano Mark Webber (Red Bull) e assumir o quarto lugar. Já o brasileiro Felipe Massa (Ferrari) apareceu no sétimo posto, logo atrás do inglês Jenson Button (McLaren).

O brasileiro Bruno Senna (Williams) foi atingido pelo alemão Nico Hulkenberg (Force India) na largada, mas conseguiu permanecer na corrida. Punido por terminar o treino classificatório sem a quantidade mínima de gasolina, o alemão Sebastian Vettel (Red Bull) iniciou uma prova de recuperação.

Na nona volta, um acidente entre o alemão Nico Hulkenberg (Mercedes) e o indiano Narain Karthikeyan (Hispania) provocou a entrada do safety car. No 14º giro, ainda com o carro madrinha na pista, Vettel, com o carro avariado após alguns toques, foi aos boxes. A corrida recomeçou na 15ª volta. Cinco voltas depois, Hamilton sofreu uma pane e foi obrigado a deixar a corrida.

No 27º giro, Felipe Massa e Mark Webber brigavam pela sexta posição. Após um toque, o australiano perdeu o traçado e, ao retornar de forma brusca, assustou o brasileiro, que rodou e em seguida foi aos boxes. Com boa vantagem na liderança, Raikkonen conseguiu fazer sua parada e voltar na ponta.

Na 39ª volta, o mexicano Sérgio Perez (Sauber) e o francês Romain Grosjean (Lotus) protagonizaram um novo acidente, que ainda envolveu Webber. Beneficiados por um acidente triplo entre Perez, Grosjean e Webber, os brasileiros avançaram: Felipe Massa terminou em sétimo e Bruno Senna, em oitavo.

(Com GazetaPress)

Continua após a publicidade

Publicidade