Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Raikkonen ganha elogios de diretor da Lotus por facilidade em adaptação

Alan Permane, diretor de operações de pista da Lotus, não poupou elogios ao finlandês Kimi Raikkonen. A liderança no primeiro dia de testes em Jerez de la Frontera aumentaram a confiança dos membros da equipe no campeão de 2007 e no E20, carro desenvolvido para a temporada 2012 da Fórmula 1.

‘Existem muitas coisas na Fórmula 1 além de uma volta perfeita e é isso que faz um campeão’, começou Permane em entrevista ao site da emissora ESPN. ‘É esse tipo de coisa que você vê no Kimi e que mostra o quão bom ele é. Como ele usa o carro em um trecho longo e como ele cuida dos pneus. Ele nunca pilotou com esses pneus antes e imediatamente após algumas voltas, você pode ver que ele está se entendendo com eles e alternando sua pilotagem para cuidar deles’, completou.

Sobre a liderança de Raikkonen dentro das pistas e também na própria equipe, Permane acredita que seja uma relação de reciprocidade, ou seja, que o finlandês responderá nas corridas de acordo com as condições favoráveis disponibilizadas pela Lotus.

‘Acho que um piloto irá se tornar um líder se tiver resultados e se nós dermos algo a ele. Aí ele poderá nos dizer o que quer, nós damos isso a ele e aí ele dá mais resultados, então construímos uma confiança um no outro. Acho que é assim que o piloto se torna um líder’, explicou.

Permane ainda minimizou a empolgação da equipe quanto aos primeiros resultados em Jerez. ‘Acho que até agora tudo parece estar funcionando bem. É claro que teremos altos e baixos, mas tivemos uma semana de ouro, muito além das nossas expectativas’, declarou. ‘Isso, é claro, não pode continuar. Seria ótimo se pudesse, mas terá altos e baixos, isso vai nos testar e é aí que veremos como as pessoas são fortes’, ponderou o diretor.

A convivência com Kimi Raikkonen parece agradar a todos na escuderia, como garante Permane. ‘É muito fácil trabalhar com ele, muito, muito, na verdade, nenhuma queixa’, assegurou. ‘O feedback dele é excelente, ele passa um tempo enorme com os engenheiros vendo as coisas, analisando os dados e nos dizendo o que quer’.

A Lotus deu motivos para o finlandês se sentir a vontade e acredita que os resultados virão. ‘Pelo que posso ver, ele primeiramente está feliz com o carro que demos a ele, mas também tem outras coisas, que ele pediu quando chegou, o tipo de volante que queria, o banco, o cinto de segurança, coisas desse tipo. Nós também demos os freios que ele queria. Ele conseguiu tudo. Acho que ele está muito feliz’, encerrou Permane.