Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Raikkonen é advertido por festejar sua vitória com cerveja

Piloto quebra jejum de vitórias da Lotus, mas causa saia-justa em Abu Dhabi

Por Da Redação 7 nov 2012, 08h36

O finlandês Kimi Raikkonen venceu o Grande Prêmio de Abu Dhabi de Fórmula 1 no último domingo, mas acabou levando uma bronca de sua equipe, a Lotus – que quebrou um jejum de 25 anos sem vitórias graças ao experiente piloto. Raikkonen foi visto com uma garrafa de cerveja na mão depois da corrida, o que, segundo a Lotus, provocou constrangimento no país que recebeu a prova e desagradou aos patrocinadores sediados em países muçulmanos. A cena ocorreu nos Emirados Árabes Unidos, onde o consumo de bebidas alcoólicas é liberado apenas em lugares licenciados. Até o tradicional champanhe do pódio da Fórmula 1 é sem álcool na prova de Abu Dhabi. Raikkonen apareceu para festejar de bermuda, chinelos e cerveja na mão (assista no vídeo abaixo). Conhecido pelo jeito politicamente incorreto de ser, o finlandês conseguiu no fim de semana sua primeira vitória no retorno à categoria. Campeão do Mundial de 2007, ele não vencia uma prova desde o GP da Bélgica de 2009. Depois daquela temporada, ele deixou a Fórmula 1 para passar dois anos disputando provas de rali. Com ou sem cerveja na comemoração, ele está confirmado na Lotus para o ano que vem.

(Com agência Gazeta Press)

Publicidade