Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Quer comprar um carro novo? Mercedes, BMW e Mini estão mais ‘baratos’

Montadoras reduzem preços praticados no país - que, ainda assim, continuam muito mais salgados do que no exterior

Parte dos consumidores brasileiros já sente no bolso os reflexos do programa Inovar-Auto, criado pelo governo federal e que prevê, entre outros benefícios, abatimento ou isenção de impostos para automóveis importados. Mercedes-Benz, BMW e Mini já fazem parte do programa e repassaram os descontos para o preço de alguns modelos. A BMW, por exemplo, aliviou a tabela de seu modelo de entrada, o Série 116i. Ele custava 104.950 reais e agora sai por 89.950 reais. O cobiçado SUV compacto X1, o veículo da marca mais vendido no país, teve desconto de 3.000 reais e seu preço está agora em 116.950 reais, na versão de entrada sDrive18i. Na linha Série 6, o sedã 650i (577.200 reais) foi substituído pelo 640i (399.950 reais), resultando na maior queda de preços da gama BMW.

Enquanto isso, lá fora…

Nos EUA, alguns desses modelos custam:

  1. • BMW X1 s Drive28i: 30.800 dólares, ou 61.100 reais
  2. • BMW 640i: 74.900 dólares, ou 148.000 reais
  3. • Mini Cooper S: 24.000 dólares, ou 47.600 reais
  4. • Mini Countryman S: 26.300 dólares, ou 52.200 reais
  5. • Mercedes ML 350 BlueEfficiency: 51.270 dólares, ou 101.800 reais
  6. • C 63 AMGl: 62.230 dólares, ou 123.600 reais

Leia também: Por que o carro é tão caro no Brasil?

Entre os modelos da Mini, pertencente ao grupo BMW, o Cooper S, equipado com motor de quatro cilindros 1.6 litro de 184 cv, mais câmbio automático de seis marchas, caiu dos 105.500 reais para 99.950 reais. Já a opção topo de linha da perua Countryman S, que custava 146.950 reais, pode ser sua por 139.950 reais.

Acompanhe VEJA Esporte no Facebook

Siga VEJA Esporte no Twitter

A Mercedes-Benz também cortou sua tabela. A minivan B 200 Turbo, o modelo mais acessível da marca no Brasil, sofreu redução de preço de 9,49% e passa a ser vendido por 104.900 reais. Já o sedã C 180 Turbo, o modelo mais vendido da montadora por aqui, teve sua tabela fixada em 121.900 reais, ante os 139.900 reais cobrados anteriormente. O jipão ML 350 BlueEfficiency e o cupê de quatro portas CLS 350 sofreram respectivamente 15,07% e 17,57% de abatimento, e passam a custar 284.500 reais e 304.900 reais. A linha esportiva AMG também entrou em liquidação: o C 63 AMG teve 24,28% de redução de preço e agora custa perto de 380.000 reais.

Leia também:

Quer saber quanto vale seu carro? Consulte a tabela VEJA

HB20 decepciona em crash test. EcoSport vai bem

Novo Porsche Cayman chega em abril, por até R$ 399.000

Novo Range Rover: preços entre 550.000 e 600.000 reais