Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Quadro clínico de Schumacher é “estável”, diz empresária

Sabine Kehm considerou uma "boa notícia" que o estado do ex-piloto tenha se mantido estável durante a noite e a manhã desta quarta-feira

O quadro clínico do ex-piloto alemão de Fórmula 1 Michael Schumacher, internado no hospital universitário de Grenoble, na França, é “estável”, segundo sua empresária, Sabine Kehm. Dirigindo-se a dezenas de jornalistas reunidos no centro hospitalar, Sabine considerou uma “boa notícia” que a situação do ex-piloto tenha se mantido estável durante a noite e a manhã desta quarta-feira, mas ressalvou: “Ele continua em coma induzido e sua situação continua crítica. Por isso, apesar da boa notícia, não vamos fazer qualquer prognóstico. Ele continua em uma sala de reanimação e ninguém pode dizer o que ocorrerá”.

Leia também:

Esquiadora profissional revela os cuidados na prática do esporte

Jornalista se veste de padre e tenta ver Schumacher

‘Todo o dia tentamos preencher o vazio que a F1 deixa’, diz Prost

Capacete de Schumacher rachou com violência de impacto

Schumacher faz nova cirurgia e tem leve melhora

Schumacher foi hospitalizado no domingo, após sofrer um acidente de esqui em Méribel, nos Alpes franceses, a cerca de 600 quilômetros de Paris. O heptacampeão de Fórmula 1 bateu a cabeça contra uma rocha e sofreu traumatismo craniano. Ele foi atendido por funcionários do resort e encaminhado ao Centro Hospitalar de Moûtiers. Logo depois, foi transferido para o hospital de Grenoble, onde há um centro especializado em traumas.

Ontem, os médicos que tratam do ex-piloto disseram ter constatado uma “leve melhora” após a realização de uma segunda cirurgia, de duas horas, para drenar um hematoma detectado na área esquerda do cérebro. Porém, “não podemos dizer que ele está fora de perigo”, afirmou Jean-Francois Payen, porta-voz do hospital. De acordo com Sabine Kehm, não será organizada uma nova entrevista coletiva até que haja uma evolução do quadro clínico de Schumacher.

(com EFE e Estadão Conteúdo)

Leia também:

Angela Merkel, Ferrari e Mercedes torcem por Schumacher

Lesões graves como as de Schumacher são fatais em até 45% dos casos, diz médico

Acidente de Schumacher é alvo de investigação na França

Família de Schumacher pede privacidade após acidente

Médicos dizem que Michael Schumacher luta pela vida