Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Próximo do título, Boca enfrenta adversário complicado na Argentina

Buenos Aires, 24 nov (EFE).- O Boca Juniors terá neste domingo um jogo complicado pela 16ª rodada do Torneio Apertura do Campeonato Argentino ao enfrentar fora de casa o Godoy Cruz, equipe que está apenas em 11º lugar, mas que nos últimos anos vem dando trabalho para o time de Buenos Aires.

O adversário é de más lembranças, por exemplo, para o técnico Julio César Falcioni, que no semestre passado fez seu primeiro jogo no comando do Boca justamente contra a equipe da província de Mendoza e sofreu uma dura derrota por 4 a 1. Nesse confronto, disputado no estádio La Bombonera, o time da casa desperdiçou várias chances de gol.

Agora o panorama mudou. A equipe da capital lidera o Apertura de forma isolada, com 33 pontos, não perde há 25 partidas e tem uma vantagem de oito pontos sobre o vice-líder, o Racing, faltando quatro rodadas para o fim

Assim, se vencer o Godoy Cruz e a equipe de Avellaneda tropeçar diante do Belgrano, o Boca será campeão já neste domingo.

Os comandados de Falcioni enfrentarão o melhor ataque do torneio, com 24 gols, e que tem o principal artilheiro da competição, Rubén Ramírez, que balançou as redes dez vezes até agora.

Se as coisas vão bem no ataque, na zaga, o Godoy Cruz vem tendo problemas. O time tem a terceira pior defesa, com 20 gols sofridos.

O Boca segue sem contar com o meia Juan Román Riquelme, ausente pela quinta partida consecutiva, e também não terá a disposição o jovem artilheiro Nicolás Blandi, que se machucou no confronto diante do Racing, que terminou com empate sem gols, no último domingo.

O time de Avellaneda, comandado pelo treinador Diego Simeone, tentará pôr fim a uma semana negra, com troca de farpas entre o atacante Teófilo Gutiérrez e vários de seus companheiros, que não aceitam as atitudes do colombiano.

‘Teo’ se queixou que os jogadores do Racing não o defenderam após sua expulsão diante do Boca, e eles alegaram que Gutiérrez é descompromissado. Um deles, o defensor Lucas Licht, disse que o atacante ‘não se portava como homem’.

No meio desse clima ruim, o grupo dirigido por Simeone receberá o Belgrano, que vem de derrota em casa diante do Vélez Sarsfield, por 3 a 1, e que precisa somar pontos para consolidar sua boa campanha em seu retorno à primeira divisão.

Em outro jogo importante da rodada, o San Lorenzo, envolvido em uma grave crise institucional e esportiva, viajará para Rosário para jogar neste sábado contra o Newell’s Old Boys, penúltimo na tabela de classificação.

O time de Buenos Aires terá a estreia do treinador Leonardo Madelón, um ex-jogador do prórpio San Lorenzo na década de 1980.

Programação da 16ª rodada do Torneio Apertura:.

Sexta-feira (25/11).

Tigre – Atlético Rafaela.

Sábado (26/11).

All Boys – Lanús.

Newell’s Old Boys – San Lorenzo.

Racing – Belgrano.

Olimpo – San Martín de San Juan.

Domingo (27/11).

Arsenal de Sarandí – Estudiantes.

Vélez Sarsfield – Colón.

Godoy Cruz – Boca Juniors.

Banfield – Argentinos Juniors.

Segunda-feira (28/11).

Unión – Independiente. EFE