Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Primo de Messi brilha no futebol paraguaio

O atacante argentino Maximiliano Bianccuchi, primo do craque do Barcelona Lionel Messi, sagrou-se no último domingo campeão do torneio de clausura paraguaio com o Olimpia.

O jogador de 27 anos, mais conhecido como ‘Maxi’, jogou de 2007 a 2009 no Flamengo, com o qual sagrou-se bicampeão estadual, mas pouco participou da conquista do título do brasileirão de 2009.

O atacante poderá enfrentar seu ex-clube na Libertadores, já que o Olimpia ficou na chave 2, na qual o time rubro-negro entrará se superar o Real Potosí, da Bolívia, na fase preliminar.

O grupo também contará com o Lanús, da Argentina, e o Emelec, do Equador

No domingo, Maxi levou ao delírio os 35.000 torcedores do Olimpia que lotaram o estádio Defensores del Chaco ao abrir o placar com um golaço na vitória por 2 a 1 sobre o Rubio Ñú, na partida levou sua equipe ao seu 39º título nacional, acabando com um jejum de onze anos.

Aos seis minutos de jogo, o argentino recebeu um cruzamento do volante uruguaio Sergio Orteman, matou a bola no peito e mandou uma bomba de voleio, sem chances para o goleiro Chena.

O Olimpia ampliou aos 12 do segundo tempo com um gol do colombiano Francisco Najera, mas o jogo começou a ficar dramático quando o volante Luis Closa Rubio Ñú diminuiu aos 30.

Em caso de tropeço, o time de Maxi poderia ter perdido o título para seu maior rival, o Cerro Porteño, que acabou empatando em 2 a 2 com o Sol de América.

O Olimpia segurou o resultado e o argentino comemorou muito o título conquistado. “É uma emoção muito grande, era um grande sonho ser campeão com o Olimpia, Estou muito feliz. Não tive muitas oportunidades durante este torneio, mas guardei o melhor para o final”, brincou o atacante.

“Minha família torce pelo Olimpia, meu pai foi assistir à partida”, completou Maxi, que se sagrou campeão no mesmo dia que seu primo, que também brilhou no domingo ao fazer dois golaço na vitória por 4 a 0 do Barcelona sobre o Santos na decisão do Mundial de Clubes.