Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Prestes a se reencontrar com Guga, Corretja lembra de ‘derrota dolorida’

Após dez anos, o espanhol Alex Corretja e o brasileiro Gustavo Kuerten voltarão a se enfrentar. Já aposentados, eles encerrarão o Rio Champions, torneio de nível sênior. O evento, sediado no Maracanãzinho (RJ), será realizado entre os dias 17 e 19 de novembro.

O certame contará com nomes como Goran Ivanisevic, Fernando Meligeni, Gaston Gaudio, Carlos Moyá, Nicolas Lapentti e Marcos Daniel.

O ibérico externou pesar pela data. Segundo ele (que, no ano anterior, havia perdido a mesma final para Carlos Moyá) foi a ‘derrota mais dolorida da carreira’. ‘Tenho sentimentos distintos. É uma boa recordação, por ter sido uma final de Grand Slam, a minha segunda, mas por outro lado foi a derrota mais dolorida da minha carreira. Deixei escapar a chance de ganhar um Grand Slam’, confidenciou.

Além disso, ele foi nostálgico ao se lembrar da decisão no saibro parisiense. ‘Recebi uma ligação com a proposta de voltar a jogar contra o Guga. Foi uma surpresa inesperada, mas muito agradável e bonita. Mas, ao mesmo tempo pensei, nossa já faz 10 anos daquela final. Como o tempo passa’, afirmou.

Em 2001, Corretja foi superado pelo verde-amarelo. Dez anos depois, ele quer a revanche. Por isso já vem trabalhando forte. ‘Estou treinando fisicamente muito forte. Do lado do tênis ainda preciso de mais treino. Faz tempo que não jogo uma partida oficial. Espero que as pessoas voltem no tempo e consigam curtir este momento’, disse.