Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Pressionado, São Paulo encara Danubio no Morumbi

Equipe brasileira precisa vencer para não deixar os concorrentes abrirem vantagem no 'grupo da morte' da Libertadores

Apenas a vitória interessa ao São Paulo na noite desta quarta-feira diante do Danubio, do Uruguai. Jogando no Morumbi, a equipe brasileira precisa se recuperar da derrota para o rival Corinthians na estreia para se manter na briga por uma vaga no Grupo 2, o mais equilibrado da primeira fase da Copa Libertadores. A partida decisiva para o São Paulo começa às 22h (de Brasília).

Leia também:

Presidente do São Paulo quer setor com torcida mista em clássico na Libertadores

Árbitro irá processar Ganso por ofensas no Itaquerão

Presidente do São Paulo exige título de Muricy: ‘Montamos o time que ele quis’

O último treino antes do jogo teve a presença até da alta cúpula do clube. O presidente Carlos Miguel Aidar e o vice de futebol Ataíde Gil Guerreiro acompanharam toda a atividade sentados no banco de reservas. O técnico Muricy Ramalho comandou uma atividade tática, com ênfase no posicionamento em bolas aéreas defensivas. O São Paulo enviou um espião para acompanhar a estreia do Danubio contra o San Lorenzo – derrota por 2 a 1 em Montevidéu – na semana passada, e acredita que terá pela frente uma forte retranca.

Ao contrário do que fez na estreia, Muricy optou pela escalação de dois meias (Michel Bastos e Paulo Henrique Ganso) com Luis Fabiano e Alexandre Pato no ataque. Destaque do time no Paulistão, Pato fará sua estreia na competição, já que não pôde enfrentar o Corinthians, dono de seu passe, por questões contratuais. Quando se perde um jogo em uma estreia de Libertadores e em um clássico, isso fica marcado. Mas agora o time tem que reagir”, afirmou o artilheiro do Estadual.

O São Paulo inovou na preparação para a partida ao dispensar os atletas da concentração. O time só se apresentará para o almoço, ao meio-dia, e na sequência irá descansar até o horário de sair para o estádio. Muricy decidiu liberar os jogadores nesta terça-feira e tomou a decisão por considerar que o rendimento não será alterado e também por confiar no compromisso dos jogadores com a partida.

O Danubio vem de derrota no fim de semana pelo Campeonato Uruguaio e tem um elenco jovem. A média de idade é de apenas 21 anos e a equipe vai fazer o primeiro jogo desde a saída de um dos principais jogadores. O lateral-esquerdo Cotugno, da seleção uruguaia sub-20, foi negociado com o futebol russo. Corinthians e San Lorenzo lideram o Grupo 2 com três pontos.

Em busca do tricampeonato, o Cruzeiro também vai a campo nesta quarta-feira, às 22h. O atual bicampeão brasileiro estreia na competição e enfrentará o Universitário, da Bolívia, além dos temidos 2.800 metros de altitude de Sucre, o local da partida.

(Com Estadão Conteúdo)